José Patrício/Estadão
José Patrício/Estadão

São Paulo foca no clássico e poupa forças contra o Marília

Time não escala força máxima para partida, que será no Morumbi

Ciro Campos, O Estado de S. Paulo

22 Março 2015 | 07h00

O foco no clássico com o Palmeiras, na próxima quarta-feira, leva o técnico Muricy Ramalho a poupar parte dos titulares do São Paulo para o jogo com o Marília, neste domingo, às 16h, no Morumbi. O time joga embalado pelas três vitórias consecutivas e confia no desempenho dos reservas para bater a equipe de pior campanha no Campeonato Paulista.

Desde a vitória sobre o San Lorenzo na última quarta-feira, pela Libertadores, a principal preocupação da comissão técnica tricolor foi em recuperar o desgaste dos jogadores. E isso é o que vai definir a escalação. "A gente sente que quando teve jogos decisivos, como agora, alguns jogadores deram um pouco a mais e sentiram um pouco. Estamos preocupados com a recuperação para não machucar mais ninguém", disse Muricy.

A vitória sobre o atual campeão da Libertadores aliviou o ambiente do São Paulo e tirou do time o peso de buscar uma vitória convincente contra o Marília para poder ter paz. A cobrança, porém, está toda voltada para o Palmeiras. O temor do técnico é perder mais peças para o clássico. O clube ainda não ganhou de nenhum rival neste ano, vem de duas derrotas para o Corinthians e já tem como dúvida para quarta-feira o atacante Alexandre Pato, que se recupera de um entorse no tornozelo direito.


Outro problema é na lateral-esquerda, setor onde resta apenas o titular, Carlinhos. O reserva, Reinaldo, tem problema na coxa esquerda e alguém terá de ser improvisado na posição. Com o volante Hudson suspenso e o lateral-direito Bruno pendurado a aposta será novamente nos jogadores mais jovens do elenco. Auro, Boschilia e Ewandro foram titulares contra a Ponte Preta e devem novamente ganhar chance.

A série de quatro vitórias seguidas ainda é inédita no ano e vai dar ao clube a oportunidade de encaminhar a classificação à próxima fase em primeiro lugar do grupo 1. O Mogi Mirim é o principal concorrente.

Para superar o Marília o time deve mostrar em campo bastante mobilidade, característica que tem feito falta aos titulares. Jogadores como o volante Thiago Mendes e os atacantes Ewandro e Jonathan Cafu se destacam pela velocidade e capacidade de se desmarcar.

PROBLEMAS

O Marília ainda busca a primeira vitória na competição e teve como novidade na última semana o pagamento de salários atrasados para jogadores e comissão técnica. Apesar disso, o técnico Bruno Quadros deve ter como desfalque o zagueiro Braga, que foi diagnosticado com dengue.

FICHA TÉCNICA

SÃO PAULO X MARÍLIA

SÃO PAULO: Rogério Ceni; Auro, Paulo Miranda, Lucão e Edson Silva; Rodrigo Caio, Thiago Mendes e Boschilia; Jonathan Cafu, Ewandro e Alan Kardec. Técnico: Muricy Ramalho.

MARÍLIA: Rodrigo Calchi; Gil, Thiago Gomes, Marcus Vinícius e Deca; Juninho Ortega, Gilberto Santos, Boquita e Bruno Farias; Evandro e Thiago Elias. Técnico: Bruno Quadros.

Juiz: Thiago Duarte Peixoto

Local: Morumbi

Horário: 16h

Na TV: Pay-per-view

Mais conteúdo sobre:
futebol São Paulo FC Campeonato Paulista

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.