José Patrício/Estadão
José Patrício/Estadão

São Paulo foge da imprensa no retorno ao Brasil

Time desembarcou escondido para evitar contato com jornalistas e torcedores no Aeroporto de Guarulhos

FERNANDO FARO, Agência Estado

09 de agosto de 2013 | 18h52

SÃO PAULO - A delegação do São Paulo que voltou ao Brasil nesta sexta-feira fugiu da imprensa no desembarque no Aeroporto Internacional de Guarulhos. Ao invés de descer pelo terminal 1, os jogadores pegaram um ônibus diretamente na pista e saíram pelo terminal 4, longe do alcance da imprensa e da torcida.

Existia o temor de que torcedores uniformizados protestassem após a fracassada viagem que terminou com três derrotas e uma vitória. O São Paulo caiu diante de Bayern de Munique e Milan na Copa Audi e foi derrotado nos minutos finais pelo Kashima Antlers na Copa Suruga. A equipe bateu o Benfica por 2 a 0 no único triunfo nos últimos 16 jogos.

Os únicos torcedores são-paulinos que se deram bem foram os que encontraram a delegação na área reservada aos passageiros. Foi o caso, por exemplo, de Heidi Gonçalves, que estava com a mãe Suemi e conseguiu um autógrafo de Rogério Ceni e do técnico Paulo Autuori. Quem estava do lado de fora precisou se contentar em ir para casa sem ver os ídolos.

Apesar do receio de uma manifestação contra o momento do clube, poucos torcedores se arriscaram a encarar o trânsito complicado na região e prestigiar o time, que vive péssimo momento no Campeonato Brasileiro e enfrenta a Portuguesa neste domingo, às 18h30, no Canindé, para tentar sair da zona de rebaixamento. Rafael Toloi, Clemente Rodríguez, Fabrício, Jadson, Osvaldo e Luis Fabiano já vinham treinando no Brasil nos últimos dias.

Neste sábado, pela manhã, o time faz o único treino antes da partida. O técnico Paulo Autuori vai avaliar o grupo que voltou de viagem para saber quem está em melhores condições de ir para o jogo.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolSão Paulo FCdesembarque

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.