São Paulo ganha a terceira seguida

Com um gol de Grafite, aos 23 minutos do segundo tempo, o São Paulo venceu a Ponte Preta por 1 a 0 nesta quarta-feira em Campinas e chegou ao terceiro lugar do Campeonato Brasileiro, com 59 pontos. Pode ser superado nesta quinta por São Caetano, que enfrenta o Botafogo no Rio, e Juventude, que recebe o Atlético-PR em Caxias do Sul (RS).Foi a terceira vitória seguida do São Paulo, após os 7 a 0 sobre o Paysandu e os 2 a 1 sobre o Palmeiras. É a quinta vez que o São Paulo vence um jogo fora de casa.O São Paulo dominou totalmente a partida. Foram 20 finalizações - o número exigido por Leão - e muita aplicação, disputando as jogadas no campo de defesa da Ponte. O primeiro chute, de Cicinho, cruzado da direita para esquerda, passou raspando a trave. A maior chance do São Paulo foi aos 15 minutos quando Danilo escapou pela esquerda e serviu Nildo. Ele demorou para chutar, Lauro espalmou e Gustavo salvou em cima da linha.Aos 19 minutos, Cicinho deu um corte em Marcus Vinícius, chutou cruzado e Lauro rebateu. Como rebateu dois chutes cruzados de Júnior, aos 12 e 23 minutos.O ritmo do São Paulo caiu, permitindo alguns ataques da Ponte. Lindomar errou um chute dentro da área e Luiz Carlos chutou para fora duas faltas perigosas.Um erro do árbitro Cléber Wellington Abade logo no primeiro minuto de segundo tempo prejudicou o São Paulo. Rogério Ceni cobrou falta e Roger desviou com a mão, bem acima da cabeça. Pênalti. O árbitro deu escanteio. No minuto seguinte, apitou impedimento inexistente de Nildo e, aos nove minutos, não deu pênalti de Marcus Vinícius em Grafite.O São Paulo continuava dominando, mas diminuiu a quantidade de chutes. Aos 14 minutos, Leão trocou Nildo por Souza e Nenê Santana colocou Júlio César em lugar de Roger.O gol não saiu por causa das alterações. Veio por conta de duas falhas seguidas dos zagueiros da Ponte, que deram a bola para Grafite completar. Houve outras chances desperdiçadas pelo São Paulo. Se fossem aproveitadas, o resultado teria sido mais justo.Nota da Redação: Por motivos técnicos esta matéria foi incluída no sistema com atraso

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.