Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Estadão Digital
Apenas R$99,90/ano
APENAS R$99,90/ANO APROVEITE

São Paulo garante vaga nos pênaltis

O goleiro Rogério Ceni garantiu ao São Paulo a classificação para a final do Torneio Rio-São Paulo. Na decisão por pênaltis, contra o Fluminense, fez três defesas, em chutes de Roni, César e Jorginho. A equipe paulista venceu por 7 a 6. No jogo, os cariocas ganharam por 2 a 1. No primeiro confronto, o São Paulo havia feito 1 a 0.O primeiro tempo foi equilibrado, com poucos lances de emoção. O São Paulo, precisando apenas de um empate para classificar-se, começou recuado, explorando os contra-ataques. A primeira boa chance foi do Fluminense, que não contou com Asprilla, machucado. Agnaldo recebeu passe de Jorginho e chutou por cima. França também teve grande oportunidade. Dominou a bola na frente do goleiro Murilo, sem marcação, mas finalizou para fora.No intervalo, o técnico Oswaldo Alvarez substituiu o atacante Renatinho, que jogou mal e errou muitos passes, por Ilan. Valdir Espinosa trocou Flávio por Marco Brito. O treinador do Fluminense teve mais sorte. Marco Brito estava numa noite muito inspirada. Aos 6 minutos, fez o primeiro gol, de cabeça, aproveitando cruzamento de Roni. Em seguida, acertou um belo chute de fora da área para ampliar o placar: 2 a 0.O resultado dava a vaga para a equipe carioca. Os são-paulinos começavam a ficar desesperados. França, porém, fez o gol do Tricolor, aos 15. Alexandre lançou a bola, Régis falhou e o atacante teve apenas o trabalho de tocar na saída de Murilo.Após o gol, o São Paulo melhorou e poderia, até, ter empatado a partida se Ilan não desperdiçasse duas boas oportunidades. No fim, o Fluminense quase definiu a classificação. Agnaldo acertou a trave e, no rebote, Roni chutou forte. Rogério Ceni fez uma defesa para entrar para a história do Maracanã, espalmando a bola para escanteio.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.