São Paulo goleia e segue na liderança

Em ritmo de treino, o São Paulo conquistou, hoje, a sexta vitória em sete jogos no Campeonato Paulista, ao golear o Atlético Sorocaba, por 4 a 1, no Morumbi. O resultado garante o time do técnico Emerson Leão na liderança da competição, agora com 19 pontos, independente do que acontecer no clássico da Vila Belmiro entre Santos (segundo colocado) e Corinthians, neste domingo. O atacante Grafite, com três gols, foi o destaque da partida. O São Paulo ainda terá mais três jogos no Morumbi, em seqüência: Palmeiras, Portuguesa Santista e Corinthians. A intenção do técnico Leão - que segunda-feira será julgado pelo Tribunal da Federação Paulista de Futebol por causa das críticas feitas à arbitragem no empate com o União Barbarense há duas semanas - é conquistar o máximo de pontos em casa para manter o primeiro lugar no Paulistão antes do início da disputa simultânea da Taça Libertadores, a partir de 3 de março. O São Paulo não teve dificuldades apesar da defesa, composta pela primeira vez com Ed Carlos, Lugano e Flávio, demonstrar falta de entrosamento. O primeiro chute a gol surgiu aos oito minutos com Grafite. Mais cinco minutos e seria do atacante o primeiro gol são-paulino, após boa jogada do lateral-esquerdo Júnior. A equipe de Sorocaba, que segue com dois pontos e poderá terminar esta rodada na última colocação, buscava tocar a bola e tinha no lateral-esquerdo Bill a melhor opção para chegar à área são-paulina. Mas era pouco para assustar o líder do Paulistão. Aos 28 minutos, a defesa do Sorocaba, mal posicionada, deixou Grafite livre para ampliar. Não deu tempo para comemorar. Cicinho cometeu pênalti em Zeílton. Luciano Henrique cobrou: 2 a 1. Quando parecia que poderia ficar complicado para o time do Morumbi, Josué acertou um belo chute de fora da área: 3 a 1. O segundo tempo começou e após 30 segundos a torcida já reclamava de um erro do meia Danilo, exigindo a entrada do malabarista Falcão. Sabedor da fragililidade do adversário, o São Paulo diminuiu o ritmo e só levou perigo ao gol de Wilson Junior aos 16 minutos, quando Grafite ampliou a vantagem para 4 a 1. Um minuto depois, Leão subsituiu Grafite e Danilo por Luizão e Marco Antônio, deixando Falcão no banco, desapontando a torcida. As mudanças não deram certo. O São Paulo perdeu o ímpeto e o Atlético Sorocaba só não diminuiu a vantagem porque Rogério Ceni fez duas grandes defesas. Aos 44 minutos, Diego Tardelli perdeu ótima oportunidade e pela primeira vez não marcou neste Campeonato Paulista.

Agencia Estado,

12 de fevereiro de 2005 | 17h58

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.