Rubens Chiri/Saopaulofc.net
Rubens Chiri/Saopaulofc.net

Ceni testa 24 jogadores para tentar achar time ideal do São Paulo, que encara a Inter de Limeira

Apenas Alisson, Rigoni e Gabriel Sara atuaram em todas as partidas da equipe tricolor neste ano

Pedro Ramos, O Estado de S.Paulo

17 de fevereiro de 2022 | 05h00

O São Paulo vem de duas vitórias seguidas e suadas, com os gols sobre Santo André e Ponte Preta marcado nos últimos minutos de partida. Usando o Paulistão como laboratório, o técnico Rogério Ceni já testou 24 jogadores neste ano enquanto tenta montar o time ideal. Buscando melhor rendimento em campo, a equipe é a segunda colocada do Grupo B, com sete pontos, e recebe a Inter de Limeira, nesta quinta-feira, às 21h30, no Morumbi.

Com tantos nomes testados, Ceni explicou por que tanta rodagem no elenco neste início de ano. “Não quero chegar no começo do Campeonato Brasileiro com o time muito desgastado. Quero evitar, ao máximo, o número de lesões. Também quero dar oportunidades para todos também”, disse o treinador.

Ceni parecer começar a rascunhar o time ideal do São Paulo. Com três gols em cinco partidas, Calleri é o homem-gol e deve ser o camisa 9 da equipe para a sequência da temporada. Já Alisson, Rigoni e Sara são os únicos três jogadores que atuaram em todas as partidas da equipe no ano e dão sinais de que têm total confiança do técnico. O trio deve ser poupado em breve para evitar o desgaste físico.

O rodízio no gol são-paulino entre Volpi e Jandrei pode estar perto de acabar. O reforço que chegou para a atual temporada fez dois jogos seguidos, o que ainda não havia acontecido entre os dois postulantes à vaga. Na zaga, o ídolo Miranda parecia ter vaga garantida, mas as atuações irregulares contra Ituano e, especialmente diante do Red Bull Bragantino, podem fazer com que ele tenha que brigar pela posição. Nos dois últimos jogos, a dupla de zaga titular foi formada por Diego Costa e Arboleda.

“O Miranda é o melhor jogador do Brasil no um-contra-um defensivo. Mesmo aos 37 anos. Como meu time fica com 70% de posse de bola, eu preciso da construção. O Diego desenvolve isso, pela juventude e pela energia. Além disso, nosso time é relativamente baixo. Diego e Arboleda têm um bom jogo aéreo. Miranda vai jogar, será capitão. Não há problema nenhum”, analisou Ceni.

O São Paulo ainda não conseguiu uma atuação convincente para o seu torcedor. A equipe ainda está devendo em campo e repete os problemas de criação jogo após jogo. Ceni tem apelado para muitos cruzamentos na área, que tem gerado gols tanto da direita como da esquerda, mas reflete a falta de opções de jogadas para furar as defesas adversárias.

FICHA TÉCNICA

SÃO PAULO X INTER DE LIMEIRA

SÃO PAULO - Jandrei; Rafinha (Igor Vinícius), Diego Costa (Miranda), Arboleda e Reinaldo; Rodrigo Nestor, Igor Gomes, Sara, Alisson e Rigoni; Calleri. Técnico: Rogério Ceni.

INTER DE LIMEIRA - Lucas Frigeri; Léo Duarte, Rodolfo Filemon, Xandão e Rafael Carioca; Jhony Douglas, Matheus Galdezani e Thiago Alagoano; Geovane, Ronaldo Silva e Diego Tavares. Técnico: Vinícius Bergantin.

ÁRBITRO - Vinicius Gonçalves Dias Araújo.

HORÁRIO - 21h30. 

LOCAL - Morumbi.

TV - HBO Max / Estádio TNT Sports.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.