São Paulo já vê risco de eliminação no Paulista

Os bastidores fervem e a luz amarela está acesa no São Paulo. Problemas não faltam no clube. Depois de duas derrotas consecutivas no Campeonato Paulista, o diretor de Futebol, José Dias, e o capitão do time, o goleiro Rogério Ceni, admitem até a hipótese de a equipe não se classificar às semifinais do Campeonato Paulista. José Dias responsabilizou Alexandre e Luís Fabiano pela derrota de sábado para o União São João, em Araras, e os multou em 40% dos salários. O time vencia por 2 a 0 quando, entre os 23 e os 26 minutos do primeiro tempo, os dois agrediram adversários em jogadas no meio-de-campo. O time perdeu por 4 a 3. "Eles estragaram um trabalho de muito tempo", afirmou o dirigente. "A classificação agora está difícil. O Barbarense (adversário de sábado do São Paulo) está com a corda no pescoço e Portuguesa e Corinthians também lutam pela vaga." Rogério Ceni já apela à mística da camisa tricolor. "Nossa situação é difícil, mas temos time, camisa, estrutura, tradição." Para complicar ainda mais a situação, o goleiro foi citado pelo árbitro Paulo César de Oliveira em seu relatório. Segundo Oliveira, Rogério reclamou do pênalti de Carlos Miguel em Rafael, no final do primeiro tempo. "Amanhã, você vai ver na TV a m... que fez", disse Rogério, segundo a súmula. O goleiro poderá ir a julgamento por uso de termos desrespeitoso. Calados - Os dois jogadores multados pela diretoria não quiseram dar entrevistas. Alexandre ganha R$ 40 mil mensais. Luís Fabiano, R$ 50 mil. "A multa de 40% é o máximo que a lei permite. Se pudesse, multaria mais", disse Dias, irritado. O técnico Oswaldo Alvarez confirmou que os dois jogarão quarta-feira em Fortaleza, contra o Ceará, no jogo de ida entre as duas equipes pela segunda fase da Copa do Brasil. A suspensão vale apenas para o Campeonato Paulista. O São Paulo viaja amanhã à noite para Fortaleza. Quarta-feira enfrenta o Ceará pela Copa do Brasil. Belletti, com uma contusão no joelho esquerdo, não joga. Quarta-feira o Conselho Deliberativo analisará a proposta de patrocínio de camisa apresentada pelo fabricante de eletroeletrônicos LG. A situação do time, no entanto, deverá ser o principal assunto entre os conselheiros.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.