São Paulo já vive clima de eleição

"O futebol no São Paulo hoje é secundário. Tenho certeza que, se aparecer algum clube interessado no Rogério Ceni ou no Kaká, a atual diretoria vende na hora. A prioridade é para a venda dos melhores jogadores." A constatação, em tom de crítica, é de Mário Aranha, candidato da oposição a vice-presidente do clube. A eleição no São Paulo está marcada para a segunda quinzena de abril, mas a campanha já começou. Está na mídia, com direito a troca de farpas.Leia mais no Jornal da Tarde

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.