São Paulo joga para o gasto, vence e garante 1º lugar na primeira fase

Mesmo perdendo pênalti, equipe bateu de virada o União Barbarense, fora de casa

DEMÉTRIO VECCHIOLI, Agência Estado

10 de abril de 2013 | 21h25

SANTA BÁRBARA D'OESTE - Correndo sérios riscos de ser eliminado na Libertadores, o

Precisando vencer a qualquer custo, o União começou o jogo no ataque. Logo aos 5 minutos, Alex pegou um rebote de falta que ele mesmo bateu e mandou raspando a trave direita de Dênis.

Pelo lado tricolor, o mais lúcido era Thiago Carleto. O lateral assustou num chute de longe, que Walter pegou. Foi ele também quem bateu falta que desviou na cabeça de Guilherme Batata e acertou a trave.

O Barbarense respondeu com Alex, que bateu falta colocado. Denis salvou. Na cobrança de escanteio, Fabrício errou, Cesinha acertou, dominou bonito e bateu forte, sem chances de defesa. O empate só poderia vir com Carleto. O lateral bateu cruzou na área e colocou na cabeça de Aloísio.

O centroavante, que tem tudo para ser o substituto de Luis Fabiano contra o Atlético-MG, havia pedido, na terça, uma sequência de jogos como homem de área. Mas ele não aproveitou a chance. Aos 4 minutos do segundo tempo, retardou o lance após fazer uma falta de ataque e acabou punido com o segundo cartão amarelo. Assim, não enfrenta o XV de Piracicaba, domingo, no Morumbi.

A sorte dele é que o União Barbarense não é um bom time. Aos 9 minutos, Douglas bateu escanteio pela esquerda, César tentou chutar de forma esquisita e marcou contra, colocando o São Paulo em vantagem.

Com o trio Ganso/Douglas/Osvaldo muito apagado, o São Paulo não criava. Carleto, com amarelo, também foi sacado, limitando ainda mais as chances de o São Paulo ampliar. Restou à equipe segurar o pouco perigoso time de Santa Bárbara, que mal assustou Denis.

No finalzinho, Ganso se jogou na área e o árbitro marcou pênalti. Osvaldo, talvez em sua pior atuação no ano, de volta da seleção, bateu mal e permitiu a defesa de Walter.

FICHA TÉCNICA:

UNIÃO BARBARENSE 1 X 2 SÃO PAULO

UNIÃO BARBARENSE - Walter; Camacho, Hélio e Bruno Pires (Julio); Alex, Claudio Britto, Edilson Azul, Guilherme Batata (Diogo), Diogo e César; Cesinha e Caihame. Técnico - Claudemir Peixoto.

SÃO PAULO - Denis; Paulo Miranda; Rafael Toloi (Edson Silva), Lúcio e Thiago Carleto (Cortez); Wellington, Fabrício e Paulo Henrique Ganso; Douglas (Ademilson), Osvaldo e Aloísio. Técnico Ney Franco.

GOLS - Cesinha, aos 26, e Aloísio, aos 41 minutos do primeiro tempo; César, contra, aos 9 minutos do segundo tempo.

ÁRBITRO - Adriano de Assis Miranda.

CARTÕES AMARELOS - Alex, Claudio Britto, Camacho, Douglas, Thiago Carletto e Lúcio.

CARTÃO VERMELHO - Aloísio.

RENDA E PÚBLICO - Não disponíveis.

LOCAL - Estádio Antônio Lins Ribeiro Guimarães, em Santa Bárbara d''Oeste (SP).

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.