São Paulo lamenta chances desperdiçadas em clássico

O técnico Adilson Batista e os jogadores do São Paulo deixaram o Morumbi na noite de quarta-feira com uma certeza: desperdiçaram dois pontos no Brasileirão. Todos foram unânimes em dizer que a equipe jogou bem melhor e merecia a vitória.

PAULO GALDIERI, Agência Estado

22 de setembro de 2011 | 08h56

"Pelo primeiro tempo, pelas oportunidades, pelo controle de jogo, merecíamos um resultado melhor. A gente lamenta as oportunidades desperdiçadas", comentou o treinador, que apesar do empate deixou o time na liderança provisória da tabela. "A intenção era vencer pelos nossos objetivos. Sabíamos das dificuldades do jogo e o campeonato está em aberto. Vejo a briga acirrada com outras agremiações também", afirmou.

"Não conseguimos vencer, mas seguimos na briga", disse o meia Rivaldo. "A competição continua a mesma coisa. Sabíamos que esse jogo podia terminar empatado, como foi. Só que nossa apresentação merecia melhor sorte". O meia Lucas seguiu a opinião do companheiro. "Uma pena. Fomos melhores e merecíamos ter vencido. Faltou só o gol, dominamos, todos estão de parabéns".

Ao falar que faltou só o gol, o garoto reconheceu que a presença de Luís Fabiano poderia ter sido decisiva. "Pode ser que hoje tenha faltado um centroavante. Estamos sempre falando isso. Mas esse homem está para voltar aí. O Luís Fabiano vai nos ajudar bastante", enfatizou. "Ter referência ajuda bastante, pois eu e o Dagoberto voltamos para ajudar a levar a bola até o ataque e tem o Rivaldo que pode nos ajudar sendo titular ou quando entra".

Mesmo com o empate, o São Paulo chegou aos mesmos 45 pontos do Vasco e desbancou o rival da liderança por conta dos critérios de desempate. O time carioca poderá retomar o primeiro lugar se empatar ou vencer o Atlético-GO nesta quinta, em São Januário.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolSão PauloAdilson Batista

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.