São Paulo lamenta não ter 'dado um passo maior' no Brasileiro

Para o goleiro Rogério Ceni, time vacilou no empate contra o Palmeiras; quinta-feira pega o Vitória, no Morumbi

Redação,

20 de outubro de 2008 | 10h02

Apesar de empatar com o Palmeiras por 2 a 2 no Palestra Itália, Rogério Ceni ficou insatisfeito com o resultado, já que o São Paulo vencia o duelo por 2 a 0. O goleiro acredita que o time perdeu uma grande chance de se aproximar do líder Grêmio.   Veja também:  Vote: quem vai levar o título do Brasileirão?Palmeiras busca empate com o São Paulo pelo Brasileirão Pierre: 'Vamos levantar a cabeça que o título está em jogo'Para presidente do São Paulo, Palestra é uma 'pirotecnia'   Brasileirão Série A - Classificação   Brasileirão Série A  - Calendário e resultados  Dê seu palpite no Bolão Vip do Limão  Ouça os gols do jogo no Território Eldorado/ESPN  Bate-Pronto: Clássicos e equilíbrios    "Poderíamos ter dado um passo maior no Palestra Itália", lamentou Rogério Ceni. "Apesar de somar só um ponto, nós continuamos na luta pelo título. É claro que a nossa situação complica, mas o time está numa evolução boa."   Rogério Ceni destacou a falha no gol de empate do Palmeiras. "Numa infelicidade desgraçada, o Dagoberto desviou e eu não consegui fazer a defesa. Mas o futebol tem dessas coisas. Agora é bola para frente e se preocupar com o próximo jogo."   Pelo Brasileirão, o São Paulo volta a campo nesta quinta-feira para enfrentar o Vitória, no Morumbi. O time não poderá contar com dois jogadores: Borges e Joilson. Apesar dos desfalques, o técnico Muricy Ramalho diz que o time não pode mais perder pontos em casa.   "Pela matemática, nós ainda estamos vivos na competição", afirma o treinador. "Por isso é fazer o melhor para vencer em casa. O empate contra o Palmeiras foi normal, mas já deve ficar para trás porque o campeonato não pára."

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.