São Paulo lamenta queda de produção no 2º tempo em Campinas

Equipe começa bem a partida, mas tem queda de rendimento e sai de campo com derrota

Agência Estado

09 de fevereiro de 2014 | 20h21

CAMPINAS - Os jogadores do São Paulo avaliaram que a derrota por 2 a 1 para a Ponte Preta, neste domingo, em Campinas, foi provocado pela produção mostrada no segundo tempo. De acordo com eles, o time começou bem a partida, mas caiu de rendimento na etapa final, sem forças para buscar um resultado positivo.

"Infelizmente, caímos um pouco de produção no segundo tempo. O primeiro foi muito bom, dominamos, mas não conseguimos fazer isso na segunda etapa. Assim, eles tiveram mais chances claras e acabaram vencendo o jogo", disse o goleiro Rogério Ceni, que marcou o único gol são-paulino no Estádio Moisés Lucarelli, em Campinas, ao acertar cobrança de pênalti.

O meia Paulo Henrique Ganso fez a mesma leitura que o goleiro e lamentou que a equipe não tenha mantido a pressão nos 45 minutos finais. "Dominamos o começo do jogo e isso ficou claro. Mas, infelizmente, eles foram lá e conseguiram marcar o gol. Depois, no segundo tempo, a partida ficou mais equilibrada e eles souberam aproveitar a oportunidade para vencer", afirmou.

Mesmo com a derrota em Campinas, o São Paulo se manteve na liderança do Grupo A, com 12 pontos. No sábado, encara a Portuguesa no Estádio do Morumbi, em partida válida pela oitava rodada do Campeonato Paulista.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.