São Paulo lança filme sobre seus 6 títulos nacionais

Em evento fechado, o clube promove a pré-estreia do longa-metragem na noite desta segunda no Shopping Jardim Sul

AE, Agência Estado

13 de setembro de 2010 | 15h32

O São Paulo lançou oficialmente, nesta segunda-feira pela manhã, o filme "Soberano", que conta a história dos seis títulos brasileiros conquistados pelo time. Campeão nacional em 1977, 1986, 1991, 2006, 2007 e 2008, o clube promove a pré-estreia do longa-metragem na noite desta segunda no Shopping Jardim Sul, em um evento apenas para convidados na capital paulista.

Veja também:

linkBaresi fala em nova arrancada com os 4 jogos na capital

O ex-jogador Raí, campeão brasileiro pelo São Paulo em 1991, prestigiou o lançamento oficial, assim como o músico Nando Reis, são-paulino de coração, que compôs duas canções inéditas especialmente para o filme.

Júlio Casares, vice-presidente de marketing do São Paulo, ressaltou a importância do São Paulo para o futebol brasileiro ao comentar o "Soberano". "Temos seis títulos brasileiros e isso é soberano sim. É a torcida que mais cresce no Brasil. Ser soberano é estatístico: é o maior campeão brasileiro, o maior do País na Libertadores. Queremos que cada sala de cinema seja um Morumbi cheio e com vocação de ser campeão", disse.

O filme irá estrear no cinema na próxima sexta-feira e, entre outras coisas, mostrará aos torcedores relatos de jogadores e treinadores que participaram das conquistas nacionais do São Paulo. Rogério Ceni, Careca, Muricy Ramalho, Waldir Peres, Darío Pereyra, Oscar, Raí e Rubens Minelli estão entre os entrevistados para o longa-metragem.

"O São Paulo é o fio condutor de muitas famílias. Isso foi revelado depois de dezenas de milhares de vídeos que foram coletados pelo site oficial do ''Soberano''. Os depoimentos eram muito fortes, próximos da nossa experiência de vida", afirmou Carlos Nader, um dos diretores do filme, durante o evento desta segunda.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.