Érico Leonan/ saopaulofc.net
Érico Leonan/ saopaulofc.net

São Paulo libera Júnior Tavares por 20 dias para time francês

Ideia é, ao fim do período, chegar-se a uma negociação com o Rennes pela venda do lateral-esquerdo, encostado no elenco

O Estado de S. Paulo

24 de abril de 2018 | 19h21

O São Paulo vai liberar o lateral-esquerdo Júnior Tavares para treinar no Rennes, da França, durante 20 dias. O jogador, pouco utilizado pelo técnico Diego Aguirre, deve viajar nos próximos dias.

+ São Paulo prorroga contrato de Arboleda até 2022

+ Rodrigo Caio inicia tratamento; veja as opções de Aguirre para a posição

+ Já virou rotina: saída de zagueiro escancara bagunça no São Paulo

A ideia da negociação pouco usual no futebol é que, ao fim deste período de testes, os clubes cheguem a um acordo para se concretizar a transferência definitiva do atleta. Vale destacar que, enquanto estiver fora, o lateral terá os salários pagos normalmente pelo São Paulo, que não receberá nenhum centavo pela cessão temporária ao atual sétimo colocado do Campeonato Francês.

A informação da transação com os franceses foi revelada pelo Yahoo e confirmada posteriormente pela reportagem do Estado junto à assessoria de imprensa tricolor, que disse também já haver um acerto salarial entre Júnior Tavares e o Rennes. Já a possível venda renderia ao São Paulo cerca de R$ 10 milhões – o clube detém metade dos direitos do atleta. Isto, porém, só poderia ser feito após a abertura da janela de transferências, em julho.

Trazido ao elenco principal por Rogério Ceni no início de 2017, Júnior Tavares logo assumiu a posição de titular. Porém, com o decorrer da temporada, acabou perdendo espaço até a chegada de Edimar, do Cruzeiro, tomar-lhe de vez lugar na equipe. Em 2018, ele ainda viu a concorrência aumentar depois de Reinaldo retornar do empréstimo à Chapecoense. Neste ano, jogou apenas cinco vezes.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.