Rubens Chiri/ São Paulo
Rubens Chiri/ São Paulo

São Paulo monitora Hernanes e Everton para o jogo contra o Guarani

Jogadores têm atenção especial no time tricolor por causa do duelo com o Talleres, dia 6, na estreia da Libertadores

Redação, O Estado de S.Paulo

29 de janeiro de 2019 | 04h30

O São Paulo monitora a situação do volante Hernanes e do atacante Everton para a partida de quinta-feira, às 21h, no Pacaembu, contra o Guarani, pela quarta rodada do Campeonato Paulista.

Hernanes vem fazendo uma programação especial física e a comissão técnica ainda não definiu se colocará ele pela primeira vez no Estadual no meio da semana ou somente na partida de domingo contra o São Bento, novamente em casa.

A situação de Everton é por causa da sequência de jogos. Ele participou das três partidas do São Paulo no Paulistão. "A gente sabe do histórico dele. Estamos sempre atentos. Não queremos perder nenhum jogador lesionado. Ele foi relatando cansaço, mas conseguiu jogar o tempo todo (contra o Santos)", relatou o técnico André Jardine.

A preocupação do treinador está em poder contar com todos os jogadores à disposição para a estreia na Libertadores. O São Paulo faz o jogo de ida contra o Talleres, no dia 6 de fevereiro, na Argentina. 

Na reapresentação do elenco na segunda-feira Jardine teve uma boa novidade. O meia Jonatan Gómez voltou de férias após o término de seu empréstimo ao Al-Fayhaa, clube da Arábia Saudita, onde estava desde janeiro de 2018. O argentino está sendo reavaliado pelo treinador.

A atividade foi marcada por problemas médicos. Com uma indisposição estomacal, Biro-Biro realizou exames médicos pela manhã no HCor e não apareceu em campo. O atacante estava relacionado para ficar no banco e foi cortado. Willian Farias (pancada na panturrilha esquerda) e Brenner (bíceps femoral), ambos em recuperação de suas respectivas lesões, também não participaram do treinamento.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.