São Paulo não empolga e só empata com a Católica

Com boa atuação de Ganso no primeiro tempo, equipe são-paulina marca com Luis Fabiano; jogo de volta será disputado no dia 23 de outubro

DEMÉTRIO VECCHIOLI, Agência Estado

27 de setembro de 2013 | 00h06

SÃO PAULO - Nem mesmo a boa partida de Paulo Henrique Ganso e o primeiro gol de Luis Fabiano em quatro jogos fizeram o São Paulo vencer a Universidad Católica, nesta fria noite de quinta-feira, no Morumbi. Na estreia do atual campeão na Copa Sul-Americana, um pouco animador empate em 1 a 1, resultado bom para os chilenos, que jogam por um empate sem gols na volta, dia 23 de outubro.

Sem vencer há dois jogos, o São Paulo agora volta as suas atenções para o Brasileirão. Domingo, enfrenta o Grêmio novamente no Morumbi, antes de fazer clássico contra o Santos, quarta-feira, na Vila Belmiro. Wellington, que deixou o jogo desta noite machucado, é dúvida.

O JOGO

Muricy Ramalho decidiu poupar Rodrigo Caio e Jadson e, por conta disso, teve que montar o time no 3-5-2. Douglas, criticado pela torcida seja com Ney Franco ou Paulo Autuori, ganhou a primeira chance dele com o novo treinador atuando como ala pelo lado direito. Mais uma vez não foi bem. Mas foi pela direita que o São Paulo abriu o placar. Aos 17 minutos, Luis Fabiano tabelou com Ganso, recebeu bom passe nas costas da zaga e bateu forte, no alto. A bola ainda bateu no travessão antes de entrar.

O centroavante, que fez o 100.º gol dele com a camisa do São Paulo no Morumbi, teve outra chance de marcar, após cruzamento de Paulo Miranda, mas mandou para fora. As chances reais de gol, porém, não passaram dessas, apesar do domínio territorial e técnico da equipe da casa. A punição veio aos 40 minutos. Ganso não acompanhou Álvarez, que invadiu a área sozinho e cruzou. Mirosevic furou, Wellington não conseguiu tirar, e a bola sobrou para Castillo deixar tudo igual.

Quem esperava um São Paulo motivado para o segundo tempo viu um time sonolento, que mais sofreu riscos do que levou perigo. O quadro mudou um pouco quando Jadson entrou no lugar de Douglas. No primeiro lance, roubou uma bola na área e cruzou para Aloísio ser travado na hora do chute. Aloísio, sempre ativo, também criou boa chance pela esquerda, com um drible desconcertante no marcador. Mas a jogada, mais uma vez, parou na zaga. Melhor do jogo, Ganso tentou assistências de tudo quanto é jeito. Quando arriscou chute de longe, levou perigo.

Nem a entrada de Osvaldo, no lugar de Aloísio, ajudou o São Paulo. No finalzinho, praticamente no último lance, Rogério Ceni teve falta para cobrar, levantou na área, e Antônio Carlos quase fez de cabeça.

FICHA TÉCNICA:

SÃO PAULO 1 X 1 UNIVERSIDAD CATÓLICA

SÃO PAULO - Rogério Ceni; Paulo Miranda, Rafael Toloi e Antonio Carlos; Douglas (Jadson), Wellington (Fabrício), Maicon, Paulo Henrique Ganso e Reinaldo; Aloísio (Osvaldo) e Luis Fabiano. Técnico - Muricy Ramalho.

UNIVERSIDAD CATÓLICA - Toselli; Álvarez, Martínez, Andía e Parot; Tomas Costa, Mirosevic, Meneses (Supúlveda) e Cordero (Sosa); Castillo (Jadue) e Michael Ríos. Técnico - Martín Lasarte.

GOLS - Luis Fabiano, aos 17, e Castillo, aos 40 minutos do primeiro tempo.

ÁRBITRO - Dario Ubriarco (Uruguai).

CARTÕES AMARELOS - Douglas, Maicon, Castillo, Rios, Álvarez, Andía e Parot.

RENDA - R$ 194.995,00.

PÚBLICO - 12.342 pagantes

LOCAL - Estádio do Morumbi, em São Paulo (SP).

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.