José Patrício/Estadão
José Patrício/Estadão

São Paulo não terá o lesionado Luis Fabiano nas quartas de final

Com contratura na coxa, camisa 9 é problema para Milton Cruz

CIRO CAMPOS, O Estado de S. Paulo

09 de abril de 2015 | 09h33

O São Paulo tem grandes problemas para escalar o ataque para as quartas de final do Campeonato Paulista. O atacante Luis Fabiano se recupera de contratura na coxa esquerda, só deve voltar a treinar no campo nesta quinta-feira e, por isso, segundo o técnico interino Milton Cruz, não tem condições de ser escalado contra o Red Bull, no próximo fim de semana. Além do camisa 9, o clube não terá Alan Kardec, que rompeu os ligamentos do joelho, e Ewandro, que está em compromisso com a seleção sub-20.

As baixas devem motivar mudanças no elenco. O interino disse na madrugada desta quinta-feira que pretende promover algum atleta da categoria de base para compor o grupo. O regulamento permite a troca de quatro atletas na lista dos 28 relacionados e como o volante Maicon e o atacante Ademilson deixaram o clube, será possível promover alterações. Duas delas já estão certas. O zagueiro Antônio Carlos e o volante Wesley vão ganhar chance.

"O Wesley tem treinado muito bem. É um jogador que chega bem ao ataque, dá uma dinâmica muito boa ao time e chuta muito bem a gol", elogiou Milton Cruz. O atleta ex-Palmeiras tem boas chances de ser titular e o técnico descartou a possibilidade de improvisá-lo na lateral-direito na vaga de Bruno, que vai cumprir suspensão pelo terceiro cartão amarelo.

Antônio Carlos não foi relacionado também para a Libertadores e perdeu espaço no elenco em 2015 com a chegada de Dória. O jogador ficou de lado no elenco por opção do ex-técnico Muricy Ramalho e chegou a despertar o interesse de outras equipes. Agora, deve ao menos ganhar espaço para ficar no banco de reservas.

Para o ataque, o interino deve voltar a insistir no argentino Centurión como o parceiro de Alexandre Pato. Jonathan Cafu ganhou chance de ser titular nesta quarta-feira, na vitória sobre a Portuguesa por 3 a 0, mas perdeu um pênalti.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.