São Paulo nega suposto interesse em Robinho

O superintendente do São Paulo, Marco Aurélio Cunha, desmentiu nesta terça-feira um suposto interesse do clube na contratação do atacante brasileiro Robinho, que negocia sua saída do Manchester City.

AE, Agencia Estado

26 de janeiro de 2010 | 12h17

Em entrevista coletiva nesta terça-feira, o técnico italiano Roberto Mancini, do Manchester City, surpreendeu ao declarar que o São Paulo estaria na briga com o Santos para tentar contratar Robinho.

"Santos e São Paulo são possibilidades no momento. O importante é que o Robinho sinta-se feliz em sua nova casa e o Manchester City fique satisfeito com a proposta", disse o treinador italiano.

O dirigente são-paulino, no entanto, revelou logo depois que não tinha conhecimento da negociação pela contratação de Robinho, mas também não descartou que o clube tenha vontade de contar com o jogador.

"Jogador como ele ninguém pode falar que não quer. O Santos está muito na frente, mas o São Paulo vai disputar a Libertadores e, de repente, o Robinho pode querer jogar a competição", declarou Marco Aurélio Cunha, em entrevista à TV Bandeirantes.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.