Paulo Whitajer/Reuters
Paulo Whitajer/Reuters

São Paulo negocia transferência do goleiro Sidão para o Goiás

Jogador não tem a confiança da torcida e perdeu posição de titular para Jean na reta final do ano

Renan Cacioli, O Estado de S. Paulo

12 Dezembro 2018 | 16h11

O São Paulo negocia com o Goiás a transferência do goleiro Sidão para a próxima temporada. Apesar de ainda ter contrato com o clube paulista até o fim de 2019, o jogador é alvo frequente de críticas da torcida tricolor e acabou perdendo a posição de titular para Jean na reta final deste ano. Para a posição, o técnico André Jardine ainda conta com os garotos Lucas Perri e Lucas Paes, formados na base. A informação do Globoesporte.com foi confirmada pelo Estado.

Sidão disputou 46 jogos pelo time em 2018 e sofreu 37 gols (média de 0,8 por partida). Mesmo quando o São Paulo vivia boa fase e liderava o Campeonato Brasileiro, a torcida pegava no pé do arqueiro, especialmente nos confrontos disputados no Morumbi. Ele acabou sacado da equipe titular quando esta ainda era treinada pelo uruguaio Diego Aguirre, após a derrota por 2 a 0 para o Palmeiras, no dia 6 de outubro.

Jean, então, assumiu a posição nos dez jogos restantes da temporada, mas, como acabou expulso contra o Vitória, permitiu mais uma atuação de Sidão, no empate por 2 a 2 com o Flamengo. Em seguida, retomou o lugar no 11 inicial e, mesmo quando Jardine assumiu no lugar de Aguirre, seguiu entre os titulares.

No Goiás, Sidão, de 35 anos, terá a concorrência de Tiago Cardoso, que terminou a temporada como titular. Antes, outros dois atletas chegaram a defender a meta esmeraldina: Marcos e Rangel. O clube, que garantiu o acesso à Série A ao terminar a Segundona na quarta posição, ainda tem mais dois goleiros (Paulo Henrique e Matheus) no elenco.

A reportagem apurou que outro atleta especulado como possível reforço para o Goiás cedido pelo São Paulo, o lateral-esquerdo Edimar, não interessa no momento para a equipe goiana.

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.