Eric Gaillard/Reuters
Eric Gaillard/Reuters

São Paulo assina por dois anos com Éder, ex-atacante da seleção italiana

Jogador estava no futebol da China desde 2018 e chega para disputar a posição de titular com Pablo

Redação, O Estado de S.Paulo

26 de março de 2021 | 14h49

O técnico argentino Hernán Crespo acaba de ganhar um atacante de seleção. O São Paulo oficializou nesta sexta-feira a contratação do experiente Éder, que já defendeu a Itália entre 2015 e 2017 e estava no Jiangsu Suning, da China, desde 2018. O reforço assinou até dezembro de 2022.

Centroavante na época de jogador, Crespo vinha pedindo a contratação de um artilheiro para disputar posição com Pablo. Éder foi um dos indicados e, aos 34 anos, chega com moral após uma carreira de brilho, sobretudo na Itália.

Nascido em Santa Catarina, mas com dupla nacionalidade, Éder fez história na Itália, país no qual defendeu Empoli, Frosinone, Brescia e Cesena até se tornar ídolo da Fiorentina, equipe onde disputou cinco temporadas. Antes de ir para a China, o atacante ainda passou pela Inter de Milão.

Foram 13 anos atuando no futebol italiano. As boas apresentações na Fiorentina fizeram o técnico Antonio Conte levá-lo para a seleção italiana. O atacante disputou uma Eurocopa, anotando um gol. Nos clubes, foi artilheiro da Série B de 2010 com 28 gols, pelo Brescia.  

Apostando nesse faro artilheiro, o São Paulo apostou na contratação de Éder. Apesar de ter atuado em solo brasileiro apenas pelo Criciúma, ele chega disposto a ajudar. A amizade com Miranda, companheiro de Inter de Milão e de Jiangsu, será um facilitador para a adaptação ao São Paulo.

"Agora São Paulo é a minha casa", afirmou o atacante, que recebeu as boas-vindas em dois idiomas. "Benevenuto, Éder. Vamos, São Paulo", anunciou o clube. O São Paulo não gastou nada pela contratação do reforço, que realizou os exames médicos na última quinta-feira.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.