São Paulo paga para se livrar de laterais

O São Paulo, que deve anunciar nesta quarta-feira a contratação do atacante Warley, segue à risca a política de redução dos custos do elenco e, para isso, aceita, até, pagar para se desfazer de dois jogadores considerados caros e que pouco vêm produzindo: o lateral-direito Gabriel e o lateral-esquerdo Jorginho Paulista. Embora não diga publicamente, a diretoria admite ajudar no pagamento de seus salários, caso algum clube interessado se manifeste. Conseguiria, assim, reduzir um pouco os gastos. Gabriel recebe, entre luvas diluídas e salários, R$ 86 mil e Jorginho ganha por volta de R$ 50 mil. Gabriel, que chegou a receber proposta do Goiás, mas recusou, não vem ficando nem no banco e diz ?aguardar uma oportunidade". Jorginho iniciou a partida contra o Atlético-PR, na semana passada, mas foi muito mal e acabou substituído no intervalo.Nenhum dos dois faz parte dos planos da comissão técnica no momento. Ricardinho também vive situação complicada no Morumbi. O atleta tem dois meses de direitos de imagem atrasados e parte das luvas. O presidente Marcelo Portugal Gouvêa garante estar satisfeito com seu desempenho no clube, mas não rejeitaria proposta para negociá-lo. A saída do meia, que recebe mais de R$ 150 mil mensais, aliviaria bastante a situação financeira do São Paulo. A venda de Júlio Baptista para o Sevilla por US$ 2,8 milhões - US$ 2 milhões ficarão para o clube - ajudará no pagamento dos direitos de imagens atrasados, que afetam ?três ou quatro" jogadores, de acordo com João Paulo Lopes, diretor financeiro. Apesar das dificuldades econômicas, a diretoria vê neste Campeonato Brasileiro a grande chance de o time voltar à Libertadores. E, por isso, praticamente acertou, por empréstimo, a contratação de Warley. O atacante de 25 anos, cujos direitos pertencem à Udinese, da Itália, teve boa passagem pelo São Paulo em 1999 e deverá assinar contrato de um ano. Os dirigentes dizem que a chegada de Warley não significa que Luís Fabiano esteja saindo. Mas isso pode ocorrer se alguma das sondagens da Europa se concretize em proposta de US$ 10 milhões. O futebol turco tem interesse em sua contratação. Caso o artilheiro permaneça no Morumbi, o técnico Roberto Rojas terá boas opções ofensivas, pois conta, ainda, com Rico e Diego Tardelli. Para a partida desta quinta-feira, contra a Ponte Preta, o treinador vai escalar Rico entre os titulares e Diego na reserva. Carlos Alberto e Gustavo Nery retornam ao meio-de-campo e o time voltará a utilizar o esquema 4-4-2. O zagueiro Diego Lugano volta para o banco.

Agencia Estado,

22 de julho de 2003 | 19h52

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.