São Paulo passa pelo Vitória na Bahia e se aproxima do G-4

Equipe do Morumbi vence por 3 a 1 no Barradão e pula para a sexta colocação no Campeonato Brasileiro

Rafael Vergueiro, estadao.com.br

16 de julho de 2008 | 23h58

O São Paulo conseguiu na noite desta quarta-feira mais uma importante vitória no Campeonato Brasileiro. Mesmo jogando fora de casa, a equipe paulista apresentou um futebol muito eficiente e bateu o Vitória por 3 a 1 no Barradão, em Salvador (BA), em partida válida pela 12ª rodada do Campeonato Brasileiro.Veja também: Classificação e resultados Muricy Ramalho: 'Foi um dia quase perfeito para o São Paulo' São Paulo tenta a contratação do meia Daniel CarvalhoO resultado deixa o clube do Morumbi encostado no G-4, o grupo dos quatro primeiros colocados que se classificarão para a Copa Libertadores de 2009. O São Paulo tem 20 pontos ganhos e está em sexto lugar, um ponto atrás do quarto colocado Palmeiras. O Vitória também tem 20, está em quinto devido aos critérios de desempate.O time comandado pelo técnico Muricy Ramalho conseguiu a vitória nesta quarta graças a uma atuação praticamente perfeita do setor defensivo. O Vitória tentou de todas as formas penetrar na zaga dos visitantes, mas poucas vezes conseguiu chutar com perigo contra o gol de Rogério Ceni.Se a defesa do São Paulo teve uma grande noite, o mesmo não se pode dizer do time baiano. O primeiro gol do confronto, marcado por Hugo aos 12 minutos do primeiro tempo, saiu em uma falha dos zagueiros. Após bom cruzamento de Hernanes da direita, o meia são-paulino aproveitou um buraco na zaga e subiu de cabeça para abrir o placar.Tranqüilo em campo, o time paulista ainda teve tempo para fazer mais gols na etapa final. Aos 28 minutos, Dagoberto passou em velocidade por toda a defesa do Vitória e deu um leve toque na bola na saída do goleiro Viáfara, que não teve nenhuma chance de defesa.Com o Vitória totalmente exposto, o São Paulo mais uma vez balançou as redes, aos 35 minutos. Em rápido contra-ataque, Eder Luis partiu do meio campo e ficou na cara do goleiro Viáfara. O atacante só teve o trabalho de tirar a bola de Viáfara para ampliar.Em desvantagem, os mandantes buscaram pelo menos o gol de honra até o último minuto de jogo, e foram premiados aos 45, quando os visitantes já estavam relaxados em campo. Marquinhos fez boa jogada pela direita e cruzou para Jackson, que chutou e o goleiro Rogério Ceni rebateu. A bola sobrou nos pés de Dinei, que livre empurrou para o gol.Vitória 1Viáfara; Marco Aurélio, Anderson Martins     , Thiago Gomes     e Daniel     ; Vanderson, Marco Antônio (Jackson), Willans (Rodrigão) e Ramon Menezes (Ricardinho); Dinei e Marquinhos. Técnico: Vágner ManciniSão Paulo 3Rogério Ceni, Zé Luis     , Juninho e Alex Silva; Joilson (Jancarlos), Hernanes, Richarlyson     , Hugo e Jorge Wagner; Dagoberto      (Júnior) e Éder Luís (Pablo).Técnico: Muricy RamalhoGols: Hugo, aos 12 minutos do primeiro tempo, Dagoberto, aos 28 minutos, Éder Luis, aos 35 minutos, e Dinei, aos 45 minutos do segundo tempoÁrbitro: Sérgio da Silva Carvalho (DF)Renda: R$ 502.679Público: 35 mil pagantesEstádio: Barradão, em Salvador (BA)Para conseguir a terceira vitória consecutiva no Brasileirão, o São Paulo volta a campo no próximo domingo, quando recebe o Botafogo no Morumbi, em partida que pode definitivamente colocar a equipe no G-4. O Vitória vai no mesmo dia até o Maracanã encarar o líder Flamengo.SUBINDO DE PRODUÇÃOO triunfo do São Paulo fora de casa mostra que o time do Morumbi está cada vez mais entrando nos eixos no Campeonato Brasileiro. No domingo, a equipe havia jogado bem no clássico contra o Palmeiras (vitória por 2 a 1) e nesta quarta voltou a exibir um bom futebol.Como no ano passado, quando conquistou o bicampeonato brasileiro, a força são-paulina tem se concentrado no setor defensivo. O time dificulta ao máximo o trabalho do ataque dos adversários, leva poucos gols e com isso, aos poucos, consegue abrir espaços para marcar seus gols e chegar às vitórias.No jogo desta quarta, os volantes Richarlyson e Zé Luis tiveram atuação impecável, assim como os zagueiros Alex Silva e Juninho. No ataque, os rápidos Dagoberto e Eder Luís foram os encarregados de puxar os contra-ataques que deram a excelente vitória ao São Paulo. DESFALQUERicharlyson tomou o terceiro cartão amarelo nesta quarta e não estará em campo no domingo contra o Botafogo no Morumbi. Já Aloísio e André Dias, que cumpriram suspensão, voltam a estar à disposição do técnico Muricy Ramalho. Borges e Miranda, lesionados, seguem vetados pelo departamento médico. 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.