Divulgação/Gaspar Nobrega/Vipcomm
Divulgação/Gaspar Nobrega/Vipcomm

São Paulo passeia sobre o Paulista e sobe na classificação

Atacante Dagoberto brilha e marca dois na vitória por 3 a 0; time de Jundiaí teve dois atletas expulsos

André Rigue, estadao.com.br

28 de janeiro de 2010 | 18h52

O São Paulo passeou sobre o Paulista de Jundiaí e ganhou por 3 a 0, pela quarta rodada do Campeonato Paulista, em duelo na Arena Barueri. Apesar de ser o mandante, o clube tricolor atuou em Barueri, uma vez que alugou o Morumbi para a realização de quatro grandes shows, que irão render R$ 5 milhões aos cofres.

 

Veja também:

linkJuvenal diz que Robinho foi 'sonho de verão'

linkSantos quer estrear Robinho contra o São Paulo

linkDagoberto arranca elogios do técnico

som OUÇA OS GOLS NA ELDORADO/ESPN

especialQUIZ - Você sabe tudo sobre o Paulistão?

lista RESULTADOS / tabelaCLASSIFICAÇÃO

 

Com a vitória, a segunda no Paulistão, o São Paulo chegou aos 7 pontos e está perto dos líderes do campeonato. O time tricolor volta a campo pela competição estadual no próximo domingo para enfrentar o Sertãozinho, em duelo que acontecerá no estádio Santa Cruz, em Ribeirão Preto, às 19h30.

 

O jogo em Barueri pode ter sido o último do volante Hernanes, que tem propostas do futebol do exterior para deixar o clube. O jogador teve apenas uma atuação regular e perdeu uma chance incrível de marcar aos 42 minutos do primeiro tempo, quando driblou dois marcadores e bateu por sobre o gol de Felipe Alves.

 

O técnico Ricardo Gomes promoveu várias mudanças na escalação. Marcelinho Paraíba entrou no meio, Xandão na zaga e Dagoberto foi o parceiro de Washington no ataque. O novo padrão de jogo foi beneficiado pela fragilidade do time de Jundiaí, que venceu apenas uma partida neste Paulistão.

 

O primeiro gol do São Paulo surgiu aos 29 minutos do primeiro tempo, e foi uma pintura. Dagoberto recebeu pela meia-esquerda, passou por quatro jogadores, entrou na área e bateu na saída de Felipe Alves. Um golaço.

 

O já frágil time de Jundiaí ficou mais prejudicado pela expulsão de Rai, aos 37 minutos do primeiro tempo, por falta em Dagoberto.

 

Os demais gols do São Paulo só aconteceram na etapa final. Aos 9 minutos, Jorge Wagner deu belo passe para Dagoberto. O atacante entrou na área e bateu cruzado para marcar seu segundo no jogo.

 

O que já estava difícil ficou pior para o Paulista. Dema recebeu o segundo amarelo por falta em Dagoberto e também foi expulso aos 19 minutos da etapa final.

 

Com dois a mais, o São Paulo passeou. O terceiro e último gol foi marcado aos 21 minutos. Em cobrança de falta de Hernanes, André Dias aproveitou o desviou para finalizar com liberdade para as redes. Na comemoração, o zagueiro colocou a bola por baixo da camisa para homenagear a gravidez da mulher.

 

O placar poderia ter sido maior, mas Ricardo Gomes fez várias alterações e o São Paulo diminuiu um pouco do ritmo. O resultado de 3 a 0, no entanto, deixou um sorriso no rosto do treinador.

 

SÃO PAULO 3 X 0 PAULISTA

SÃO PAULO - Rogério Ceni; André Dias, Xandão e Miranda (Carlinhos Paraíba); Jean, Richarlyson, Hernanes, Marcelinho Paraíba (Sérgio Motta) e Jorge Wagner; Washington (Marlos) e Dagoberto. Técnico: Ricardo Gomes

 

PAULISTA - Felipe Alves; Lucas, Dema, Eli Sabiá e Julinho; Baiano, Rai, William Rocha e Marquinhos (Bruno Martins); Felipe Azevedo (Barboza) e William Saroa (Negreiros). Técnico: Aarão Alves

 

GOLS - Dagoberto, aos 29 minutos do primeiro tempo; Dagoberto, aos 9, e André Dias, aos 21 minutos do segundo tempo

AMARELOS - Dema, Baiano, Felipe Azevedo e Jorge Wagner

VERMELHOS - Rai e Dema

PÚBLICO E RENDA - Não disponível

ÁRBITRO - Rodrigo Martins Cintra

ESTÁDIO - Arena Barueri, em Barueri (SP)

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.