Sergio Neves/Estadão
Sergio Neves/Estadão

São Paulo acerta com o mesmo patrocinador do uniforme da arbitragem do Paulistão

Clube anuncia acordo com a AOC, empresa que estampa sua marca nas camisas dos árbitros no futebol paulista

Ciro Campos, Daniel Batista e Paulo Favero, O Estado de S.Paulo

01 de março de 2019 | 16h58

O São Paulo anunciou nesta sexta-feira um novo patrocínio para a área fronta de sua camisa: a empresa AOC, que fabrica televisores e monitores. Os valores não foram divulgados e o contrato é pelo período de um ano. A estreia no uniforme tricolor ocorrerá no próximo dia 9, contra a Ferroviária, no Morumbi, pela 10ª rodada do Campeonato Paulista. O curioso é que o patrocinador também estampa sua marca nas camisas da arbitragem.

No fim do ano passado, a AOC fechou contrato por todo período de 2019 e está presente na parte das costas da camisa dos árbitros em todos os torneios organizados pela Federação Paulista (Série A-1, A-2, A-3, Copa Paulista, etc). Além dela, outras duas empresas também patrocinam o uniforme: OdontoCompany (presente na parte frontal da camisa) e Sky (nas mangas).

Em 2015, um patrocínio da Crefisa à arbitragem no Paulistão gerou grande polêmica na reta final do Estadual. A empresa já era parceira do Palmeiras e chegou a um acordo com a Federação Paulista de Futebol para patrocinar os árbitros na fase mata-mata. A Fifa, na época, recomendou que a FPF abrisse mão do patrocínio. Segundo a entidade que rege o futebol no mundo, os árbitros podem ter patrocínio nos uniformes desde que não exista conflito de interesses.

Procurado, o São Paulo não se manifestou sobre o tema até a publicação desta matéria. Em nota no site oficial, João Fernando Rossi, diretor executivo de marketing do clube, festejou o patrocínio. "Ter nosso nome ligado à AOC reforça a estratégia do clube em desenvolver parcerias longas e duradouras com empresas de ponta e com quem podemos desenvolver uma série de outras ativações além da exposição no uniforme. Estamos muito satisfeitos e felizes com o início desta relação e temos certeza de que ambas as partes irão se beneficiar", disse.

Carlos Augusto de Barros e Silva, presidente do São Paulo, também comentou sobre o novo parceiro no site oficial. "Temos uma série de exemplos de como a associação das empresas com o clube trazem resultados satisfatórios em diversas frentes, seja em conhecimento de marca ou aumento de vendas. Desejamos as boas vindas à AOC e que tenhamos um período muito vitorioso", afirmou.

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.