São Paulo pega a Ponte com a esperança de ser líder

O São Paulo enfrenta a Ponte Preta, às 16 horas deste sábado, no Morumbi, com um único pensamento: vencer para tirar, ainda que provisoriamente, a liderança do Campeonato Paulista das mãos do Santos. O time de Muricy Ramalho tem 31 pontos, um a menos que o rival, que só joga no domingo, contra o Ituano.Para isto, a equipe do Morumbi vai a campo com o que tem de melhor no momento - inclusive com Edcarlos na vaga do lesionado André Dias -, mesmo às vésperas de uma maratona de compromissos. Na quarta-feira, o time vai ao México enfrentar 11 horas de vôo e o Necaxa, pela Copa Libertadores da América.No treino desta sexta-feira, Muricy deu ênfase às finalizações. Prova de que quer a pontaria calibrada para o jogo diante da Ponte. ?É nossa obrigação treinar esse tipo de fundamento, mas geralmente não dá porque falta tempo para isso e existe o receio de estourar o jogador. E esse é um treino duro, que o jogador fica ali mais de uma hora. Alguns chutando no gol, outros fazendo mais de 50 cruzamentos. Tem que funcionar assim mesmo. Mas tudo aqui é programado?, justifica Muricy.O tiroteio tem como objetivo ?matar? a equipe campineira o quanto antes para já se resguardar para o confronto de quarta-feira, contra o Necaxa, pela Libertadores. De quebra, uma vitória mantém o time na briga pela dianteira do campeonato. O líder Santos, que joga domingo, está a um ponto na frente do São Paulo, que já acumula invencibilidade de 28 jogos.Na prática, porém, as coisas podem não ser tão simples assim. Vale lembrar que no último confronto, no Brasileiro do ano passado, o time penou para arrancar um empate (1 a 1), em pleno Morumbi. ?Não sei quem disse que nossa tabela é fácil. Temos outra pedreira pela frente. A Ponte melhorou muito nas últimas rodadas e tem um ótimo técnico, que é até meu parceiro. Será outro jogo para se estressar, mas vamos precisar de paciência para ganhar?, ressalta Muricy Ramalho.Sem medo?Não vamos ao Morumbi para apenas ver o São Paulo jogar. Nosso objetivo é neutralizar as principais jogadas deles e também jogar quando estivermos com a bola nos pés." A frase do técnico Nelsinho Baptista resume o espírito da Ponte para o jogo desta tarde. Segundo ele, seu time vai ao Morumbi encarar o atual campeão brasileiro de igual para igual. Detalhista, Nelsinho passou a semana esmiuçando as maneiras para surpreender o adversário. ?Eles jogam com os três zagueiros em linha, além de deixar brechas nas costas dos dois alas, que são bem ofensivos. Não podemos perder bolas bobas, porque o São Paulo é mortal no contra-ataque."No ABCO sábado terá mais um confronto pelo Paulistão. o São Caetano, quinto colocado, recebe o América, 13.º, no Estádio Anacleto Campenella, para voltar à zona de classificação para as semifinais.São Paulo x Ponte PretaSão Paulo - Rogério Ceni; Alex Silva, Edcarlos e Miranda; Ilsinho, Josué, Souza, Hugo e Jadilson; Leandro e Aloísio. Técnico: Muricy Ramalho.Ponte Preta - Denis; André Cunha, Anderson, Émerson e Fernando; Ricardo Conceição, Dionísio, João Marcos e Heverton; Anderson Luís e Finazzi. Técnico: Nelsinho Baptista.Árbitro: José Henrique de Carvalho. Horário: 16 horas. Local: Estádio do Morumbi, em São Paulo. São Caetano x AméricaSão Caetano - Luiz; Paulo Sérgio, Maurício, Thiago e Triguinho; Glaydson, Luis Alberto, Ademir Sopa e Douglas; Luiz Henrique e Somália. Técnico: Dorival Júnior.América - André Zuba; Du, Mateus, Marcos Paulo e Adriano Peixe; Doriva, Marco Antônio, Jéferson e Felipe (Reginaldo); Vélber e Pedro Henrique. Técnico: Heriberto da Cunha.Árbitro - Rodrigo Guarizo Ferreira do Amaral. Horário - 18h10. Local - Estádio Anacleto Campanella, em São Caetano do Sul (SC).

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.