Diego Vara / Reuters
Diego Vara / Reuters

São Paulo perde do Grêmio e agora projeta 'final' contra o Inter no Morumbi

Depois de primeiro tempo truncado, time gaúcho conta com dois gols de Luciano e um contra de Vitor Bueno para vencer

Paulo Favero, O Estado de S. Paulo

01 de dezembro de 2019 | 21h09

Com três gols sofridos em sete minutos, o São Paulo perdeu por 3 a 0 para o Grêmio, fora de casa, e terá de decidir nas duas últimas rodadas do Campeonato Brasileiro se conseguirá a vaga na fase de grupos da Libertadores - matematicamente a equipe já está garantida, mas ainda não sabe que fase entrará. Já o Grêmio confirmou sua vaga direta com o resultado.

Com a derrota, o São Paulo permaneceu com 57 pontos, três a mais que o Internacional, adversário da próxima quarta-feira, no Morumbi. O duelo é um confronto direto pela vaga na fase de grupos da Libertadores e se o time paulista vencer, confirma sua classificação com uma rodada de antecedência.

A partida em Porto Alegre começou muito truncada, com as duas equipes marcando forte a saída de bola, mas sem esboçar qualquer criatividade para abrir o placar. Com isso, a primeira boa jogada do duelo ocorreu apenas aos 22 minutos, quando Luciano desviou de cabeça, com perigo, assustando o São Paulo.

A resposta dos visitantes veio em um lance individual do zagueiro Bruno Alves, que carregou a bola desde a intermediária e chutou no canto, mas o goleiro Paulo Victor conseguiu espalmar para escanteio. O Grêmio também teve uma chance com Pepê, mas o jogador gremista recebeu na área e mandou para fora.

No segundo tempo, enquanto o São Paulo manteve sua toada, o Grêmio acelerou e em poucos minutos acabou com o jogo. Tudo começou com um pênalti de Antony em Alisson. A arbitragem marcou e o centroavante Luciano bateu com perfeição, abrindo o placar para a alegria dos torcedores gaúchos.

O São Paulo ainda tentava se recuperar na partida quando o Grêmio fez mais um: Alisson bateu falta do lado esquerdo, Vitor Bueno cabeceou e a bola entrou no próprio gol dos paulistas. Três minutos depois foi a vez de Luciano receber na entrada da área, invadir a área em velocidade e fazer o terceiro, seu segundo na partida.

A partir daí, os visitantes tentaram diminuir a vantagem adversária e pressionaram para marcar o gol. Igor Gomes tentou, Reinaldo também, mas não adiantou. Do outro lado, o Grêmio diminuiu o ritmo, tocou a bola e esperou o tempo passar para garantir a vitória que colocou o time diretamente na fase de grupos da Copa Libertadores do próximo ano.


FICHA TÉCNICA

GRÊMIO 3 x 0 SÃO PAULO

GRÊMIO: Paulo Victor; Léo Moura (Ferreira), Geromel, Kannemann e Cortez; Maicon (Darlan), Michel, Alisson, Pepê e Everton; Luciano (Felipe Vizeu). Técnico: Renato Gaúcho.

SÃO PAULO: Tiago Volpi; Juanfran (Gabriel Sara), Bruno Alves, Arboleda e Reinaldo; Luan, Daniel Alves e Igor Gomes; Antony, Pablo (Raniel) e Vitor Bueno (Helinho). Técnico: Fernando Diniz.

Gols: Luciano, aos 10 e 16, e Vitor Bueno (contra), aos 13 minutos do 2º tempo.

Juiz: Marcelo de Lima Henrique (RJ).

Cartões amarelos: Fernando Diniz (3º).

Público: 22.039 pagantes.

Renda: R$ 865.900,00.

Local: Arena do Grêmio, em Porto Alegre (RS).

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.