Felipe Rau/Estadão
Felipe Rau/Estadão

São Paulo precisa vencer Avaí e Atlético-MG para alcançar meta de Cuca

Treinador trabalha com uma média de dois pontos por jogo no Brasileirão

Guilherme Amaro, O Estado de S.Paulo

05 de junho de 2019 | 04h30

Cuca e sua comissão técnica trabalham com a meta de conquistar dois pontos por jogo no Brasileirão. Na visão deles, os 76 pontos ao final do campeonato garantiriam o título ou ao menos uma vaga direta na fase de grupos da próxima Libertadores. Para alcançar o objetivo até a parada da competição para a disputa da Copa América, o São Paulo precisa vencer as duas partidas que restam: contra Avaí e Atlético-MG.

"Temos dois jogos fora de casa para fechar essa primeira etapa. Se a gente consegue duas vitórias, acaba com 18 pontos, na meta de dois pontos por partida. São jogos difíceis, mas entendo que podemos sair com duas vitórias", afirmou o técnico Cuca.

O cálculo do treinador realmente está correto. Desde que o Brasileirão passou a ser disputado por 20 times em pontos corridos, em 2006, quem somou 76 pontos garantiu o título. Houve sete equipes que ultrapassaram essa pontuação, mas seus respectivos vices não chegaram aos 76 pontos (veja mais abaixo).

"Em campeonato de pontos corridos, aquele que fez dois pontos por jogo geralmente é campeão. Acho que esse é o número que as equipes trabalham", analisou Cuca.

Atualmente, o São Paulo tem 12 pontos conquistados em sete partidas disputadas, uma média de 1,7 ponto por jogo. A equipe está em oitavo lugar na tabela do Brasileirão. 

O líder Palmeiras, por exemplo, tem 16 pontos em seis jogos - uma média de 2,6. O vice-líder Atlético-MG tem uma média de 2,1, com 15 pontos em sete partidas. O terceiro colocado Santos está na média projetada por Cuca, com 14 pontos em sete jogos.

O São Paulo enfrenta o Avaí neste sábado, às 21h, na Ressacada, pela oitava rodada do Brasileirão. A partida contra o Atlético-MG acontece no dia 13 (quinta-feira da semana que vem), às 20h, na Arena Independência.

VEJA A PONTUAÇÃO DOS CAMPEÕES DESDE 2006:

2006: São Paulo campeão com 78 pontos (Internacional vice com 69 pontos)

2007: São Paulo campeão com 77 pontos (Santos vice com 62 pontos)

2008: São Paulo campeão com 75 pontos

2009: Flamengo campeão com 67 pontos

2010: Fluminense campeão com 71 pontos

2011: Corinthians campeão com 71 pontos

2012: Fluminense campeão com 77 pontos (Atlético-MG vice com 72 pontos)

2013: Cruzeiro campeão com 76 pontos

2014: Cruzeiro campeão com 80 pontos (São Paulo vice com 70 pontos)

2015: Corinthians campeão com 81 pontos (Atlético-MG vice com 69 pontos)

2016: Palmeiras campeão com 80 pontos (Santos vice com 71 pontos)

2017: Corinthians campeão com 72 pontos 

2018: Palmeiras campeão com 80 pontos (Flamengo vice com 72 pontos)

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.