Amanda Perobelli/Reuters
Amanda Perobelli/Reuters

São Paulo projeta decisão com o Inter por vaga direta na fase de grupos da Libertadores

'Para quarta-feira é fazer um jogo mais competitivo e de mais efetividade', pede o técnico Fernando Diniz

Paulo Favero, O Estado de S.Paulo

02 de dezembro de 2019 | 04h30

O São Paulo projeta uma decisão contra o Internacional na quarta-feira, pela penúltima rodada do Campeonato Brasileiro. As duas equipes se enfrentam no Morumbi e, caso o tricolor vença, garantirá a vaga direta na fase de grupos da Copa Libertadores do próximo ano. Até por isso, o recado da diretoria e do técnico Fernando Diniz já foi dado aos jogadores.

"Em um time como o São Paulo quase sempre tem pressão. É um clube e uma torcida apaixonados por Libertadores. Então tem pressão para classificar direto. Temos uma decisão contra o Inter na quarta-feira. O pensamento de todos é buscar essa vaga direta. Para quarta é fazer um jogo mais competitivo e de mais efetividade", disse, comprando ao que o time apresentou diante do Grêmio: derrota por 3 a 0.

A derrota fora de casa custou caro, mas com o tropeço do Corinthians na rodada, o Internacional passou a ser o adversário mais próximo na tabela de classificação, três pontos atrás. Como o São Paulo vai enfrentar a equipe gaúcho no confronto direto, a vaga sairá em caso de vitória e, se houver empate, a diferença se mantém.

A busca por uma vaga na fase de grupos da Libertadores se tornou muito importante nesta temporada porque em 2019 o São Paulo disputou a Pré-Libertadores e acabou sendo eliminado pelo Talleres, da Argentina. Essa situação colocou pressão no elenco desde os primeiros meses do ano e a temporada acabou sendo marcada por essa eliminação, além da falta de títulos.

Para o experiente lateral-direito Juanfran, a equipe está pronta para esse jogo decisivo, mesmo após perder para o Grêmio em Porto Alegre. "Está faltando efetividade o ano todo, não só contra o Grêmio. Quarta é uma final para nós. Se ganharmos, asseguramos a vaga na Libertadores. Estou convencido de que vamos ganhar e fazer um grande jogo", avisou o defensor.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.