José Patrício/Estadão
José Patrício/Estadão

São Paulo promete fazer pressão sobre o Santos no Morumbi

De acordo com Muricy, time vai fazer valer o mando de campo

Fernando Faro, Agência Estado

21 de fevereiro de 2014 | 20h13

SÃO PAULO - Os 20 gols do Santos, melhor ataque da competição, não intimidam Muricy Ramalho mesmo com as seguidas falhas defensivas do São Paulo. De acordo com o treinador, seu time irá para cima do adversário e tentará fazer valer o mando de campo no clássico deste domingo no Morumbi.

"Você tem que marcar bem e agredir, não pode pensar só em se defender. Estaremos em nossa casa, eles também precisam se preocupar com a gente. Futebol é muito simples, não tem muita invenção. Sem a bola, você tem que se preocupar em como marcar o adversário e com a bola precisa ter uma ideia de como atacar", analisou o treinador.

No entanto, o técnico deve fazer algumas alterações para proteger melhor o sistema defensivo. Roger Carvalho, um dos piores no empate com o São Bernardo e visivelmente sem ritmo de jogo, pode ser sacado para dar lugar a Rodrigo Caio, mais veloz e melhor na recomposição pelo lado direito.

Muricy também promete o São Paulo ligado nas qualidades e defeitos do adversário para jogar com inteligência, mas reconhece que o rival está com o entrosamento mais afiado. No entanto, ele voltou a bater na tecla de que está corrigindo os problemas da equipe e que a postura será diferente no futuro.

"Sempre olhamos o adversário, precisamos estar bem informados para saber todos os detalhes, mas precisamos olhar nosso time também. Ainda estamos achando um time, mas com as peças que estão chegando vamos montar um time muito bom também."

Tudo o que sabemos sobre:
futebolSão Paulo FCMuricy Ramalho

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.