São Paulo promete lutar contra Ricardinho

O São Paulo promete reação imediata à liminar conquistada por Ricardinho na Justiça do Trabalho. Nesta quarta-feira mesmo, antes do jogo contra o Tachira, o vice-presidente de futebol Juvenal Juvêncio garantiu que o clube vai lutar por seus direitos. "Vamos brigar até o fim na Justiça", afirmou.Juvenal disse que ficou decepcionado com a atitude do jogador e deu sua versão de como a multa foi acertada. "O Ricardinho custou caro ao São Paulo e não deu certo no clube. Ele percebeu isso e nos procurou para uma rescisão amigável. Nós dissemos: ?Não podemos liberar para você atravessar a rua e jogar em outro clube?. Aí, acertamos a multa. O Ricardinho aceitou e o tio dele também", contou.O dirigente do São Paulo mostrou indignação com o jogador, que acertou com o Santos. "Fico surpreso ao saber dessa notícia. Mostra que faltou cavalheirismo ao Ricardinho. Vamos à Justiça para resolver o caso. E não venham me dizer que o São Paulo está proibindo o jogador de exercer a profissão. Ele pode jogar onde quiser, desde que pague a multa acertada no contrato", disse.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.