São Paulo quer a vitória contra o Guarani a qualquer custo

Time tricolor precisa dos três pontos para continuar na briga direta pela classificação no Paulistão deste ano

Marcius Azevedo, Jornal da Tarde

23 de março de 2008 | 07h43

O jogo contra o Guarani neste domingo, às 16 horas, no Brinco de Ouro, em Campinas, ganhou contornos de final para o São Paulo - com transmissão online do estadao.com.br. A equipe do técnico Muricy Ramalho sabe que apenas uma vitória mantém o time com boas chances de classificação para a semifinal do Campeonato Paulista.Veja também: Classificação Calendário e resultadosO São Paulo está com 26 pontos e tem como principal desvantagem para os rivais o saldo de gols, inferior em relação a seus concorrentes diretos. "Para pensarmos na semifinal, precisamos vencer agora. Se isso não acontecer, dificultará muito", diz o meia Carlos Alberto, que volta ao time no lugar de Éder Luís - o atacante, emprestado pelo Atlético-MG, não está inscrito na competição estadual. "Até um empate contra o Guarani é complicado. Este jogo é só vitória e vitória", acrescenta Carlos Alberto.A preocupação do são-paulino está no fato de que, se tropeçar, o São Paulo terá de vencer seus últimos três jogos - contra Sertãozinho, Bragantino e Juventus - e ainda torcer pelo tropeço dos rivais. GUARANIGisiel; Xandão, Danilo Silva e Diego; Maranhão, Roger Bernardo, Fabinho, Marcinho e Alessandro; Andrezinho e HenriqueTécnico: Jair Picerni SÃO PAULORogério Ceni;Zé Luís, André Dias, Miranda e Júnior; Hernanes, Richarlyson, Jorge Wagner e Carlos Alberto; Borges e AloísioTécnico: Muricy RamalhoÁrbitro: Philippe LombardEstádio: Brinco de Ouro, em Campinas (SP)Horário: 16 horasTV: Globo e BandO meia relembrou uma situação que viveu no Fluminense no ano passado,no Carioca. "Conseguimos vencer nosso jogo pelo placar que precisávamos, mas aí o Flamengo, que tinha de ganhar ou empatar, perdeu", contou. "Por isso, temos de vencer o Guarani para não depender de mais ninguém."A equipe do Morumbi vem de derrota para o rival Palmeiras por 4 a 1, no domingo passado, pelo Paulista, e de um empate com o Sportivo Luqueño em um jogo que parecia ganho na última quinta-feira, pela Libertadores. Um vacilo da defesa aos 47 minutos do segundo tempo decretou a igualdade por 1 a 1."Já chega de resultados ruins. Nossa cota já foi. Para um time que quer ser campeão, é preciso errar menos agora e procurar ser mais efetivo para vencer, nem que façamos o pior jogo da vida", disse Carlos Alberto.Além do meia, outra cara nova da equipe para encarar o Guarani será Aloísio. O atacante, que fez seu primeiro gol na temporada no jogo em Luque, no Paraguai, vai ocupar o lugar de Adriano, suspenso pelo terceiro cartão amarelo.Muricy também terá de fazer outra mudança. O lateral-direito Éder, autor do cruzamento que resultou no gol de Aloísio, não pôde ser inscrito no Paulista por já ter defendido o Noroeste na competição. Se Miranda jogar, Zé Luís deve atuará pela direita.

Tudo o que sabemos sobre:
São Paulo FCGuaraniPaulistão A-1

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.