São Paulo quer começar nova vida

Amanhã é dia 1.º e neste início de mês o São Paulo busca começar vida nova. Diante do Coritiba, às 20h30, no Morumbi, quer provar que sabe jogar sem Luís Fabiano e que ainda é candidato ao título. Depois de figurar boa parte do Nacional entre os cinco primeiros, caiu para a sétima posição e agora adota discurso diferente. "Faltam 19 rodadas, o campeonato começa a afunilar e não podemos deixar os líderes se distanciarem", prega o técnico Cuca. "É um novo mês e se Deus quiser, com vida nova." O treinador espera que o time mantenha o bom retrospecto em casa e, diante do lanterna Paraná, na próxima rodada, acabe com a série de insucessos como visitante. "Estamos jogando muito mal fora de casa", reconhece César Sampaio, o conselheiro de Diego Tardelli, agora o camisa 9. "Não dá para abrir a cabeça dele e colocar lá dentro o que tem de fazer. Estamos apoiando e agora é hora de a ficha cair." Tardelli garante estar mudado. "Vou fazer o melhor da minha vida pelo Cuca."

Agencia Estado,

31 Agosto 2004 | 20h24

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.