São Paulo quer Gabriel na lateral

O São Paulo vendeu o lateral-direito Belletti para o Villareal, da Espanha, por US$ 2,5 milhões parcelados. O contrato com o clube espanhol será por cinco anos. Com isso, a preocupação agora é renovar o contrato de Gabriel, que terminou dia 31 de maio. Wladimir, pai e procurador do jogador, tentou negociar Gabriel com o Galatasaray, da Turquia. A proposta do clube turco, porém, foi considerada baixa demais. Na próxima semana haverá uma nova reunião entre Wladimir e o diretor de futebol Carlos Augusto de Barros e Silva para tratar da renovação. A diretoria está à procura de um meia. Fracassaram as duas tentativas que os dirigentes fizeram para contratar um jogador de expressão para a posição. O primeiro sonho era Ricardinho, do Corinthians. O rival nem precisou ser consultado para avisar que não queria negociar seu jogador. Alberto Dualib, presidente do Corinthians, só aceita vender Ricardinho para o exterior. O São Paulo, então, foi atrás de Riquelme, do Boca Juniors. O clube argentino pediu US$ 10 milhões pelos direitos federativos do craque. ?A negociação acabou aí. Nem tentamos saber quanto o jogador iria querer ganhar ?, disse o presidente Marcelo Portugal Gouvêa. Outro meia argentino lembrado pelos dirigentes são-paulinos foi Romagnolli, do San Lorenzo. A negociação, porém, nem chegou a ser iniciada. O jogador recupera-se de uma lesão no joelho direito e só deverá voltar aos gramados no final do ano. O certo é que Souza, cujo contrato termina em julho, não deverá continuar no Morumbi. Seu salário (cerca de R$ 100 mil) é considerado muito alto pela diretoria. A contratação do zagueiro Ameli, que defendeu o Internacional no primeiro semestre, está bem encaminhada e deverá ser concluída antes da estréia do clube na Copa dos Campeões, dia 3 de julho, contra o Vitória, em Natal. Mas o clube passou a sofrer a concorrência do River Plate, que está vendendo o zagueiro Celso Ayala para o futebol mexicano e quer um substituto.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.