São Paulo quer ganhar para seguir vivo no Brasileirão

O Campeonato Brasileiro é disputado no sistema de pontos corridos, mas o São Paulo tem neste domingo, às 16 horas, contra o Cruzeiro, no Morumbi, uma partida decisiva na competição: com 43 pontos, ou vence o adversário, que tem 46, embala se apresenta definitivamente como um forte candidato ao título ou, em caso de derrota, se complica, podendo terminar a rodada a 10 pontos do líder Grêmio, que tem 50. É um jogo no qual a defesa tem de manter o bom desempenho dos últimos jogos e o ataque, que vem deixando a desejar, precisa funcionar.Muricy Ramalho está bem consciente das deficiências do time, tanto que comandou um treinamento de chutes a gol na parte final do treino de sexta-feira. ?Só na base da repetição é que o jogador melhora?, prega o técnico, sem se importar com o coeficiente de acertos do grupo. ?O importante é, se ele (jogador) errar, saber corrigir?.A equipe não sabe o que é perder há seis jogos e nas últimas quatro partidas tomou apenas um gol, o que tem deixado o técnico satisfeito com a defesa.O técnico contava com a possibilidade de poder escalar o atacante Borges, artilheiro do time, durante o confronto, mas como o jogador voltou a sentir dores no tornozelo na sexta, sabe que terá de ser cauteloso na hora de colocar o jogador em campo.Quanto ao próprio time, a boa notícia para Muricy foi a liberação de André Dias, que sentiu dores musculares durante a semana e foi poupado de alguns dos treinos. O zagueiro Rodrigo sabe que o jogo deste domingo é decisivo, mas se recusa a pensar na idéia de que uma derrota para o Cruzeiro pode deixar o time fora da briga pelo campeonato. ?Se a gente ganhar, estará na briga pelo título. Se não, vamos ter de ver os outros resultados?.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.