São Paulo quer Marco Polo Del Nero fora da Federação

Vice-presidente de futebol, Carlos Augusto Barros e Silva, diz que ele não tem condições de comandar a FPF

Martín Fernandez, Agencia Estado

09 de dezembro de 2008 | 21h06

O vice-presidente de futebol do São Paulo, Carlos Augusto Barros e Silva, voltou a bater forte no presidente da Federação Paulista de Futebol (FPF), Marco Polo Del Nero. "Nós acreditamos que ele não tem condições de continuar como presidente da entidade", declarou o dirigente nesta terça-feira.Veja também: Vote: Você concorda com a escolha da seleção do Brasileirão?A hegemonia tricolor no BrasileirãoMonte seu time dos sonhos do São PauloMuricy diz querer a Libertadores mais que o São PauloSTJD vai ouvir envolvidos em denúncia da Federação Paulista Dê seu palpite no Bolão Vip do LimãoO cartola mostrou-se satisfeito com o início das investigações sobre o "caso do envelope" por parte do Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD). A confusão, iniciada no final de semana, resultou no afastamento do árbitro Wagner Tardelli do jogo entre Goiás e São Paulo, pela última rodada do Campeonato Brasileiro.O caso gerou uma séria crise entre o São Paulo e a Federação Paulista de Futebol, a ponto de o clube romper relações com a entidade que comanda o futebol do Estado de São Paulo. No último domingo, Ataíde Gil Guerreiro, representante do clube na entidade, renunciou à função em represália ao fato da FPF não ter informado primeiramente o seu filiado.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.