São Paulo recebe Leonardo amanhã

O primeiro grande reforço do São Paulo para o segundo semestre apresenta-se amanhã às 11 horas no Morumbi: Leonardo, ex-Milan, da Itália, que volta a vestir camisa do clube do Morumbi pela terceira vez. O craque, que dia 5 de setembro completará 32 anos, havia atuado antes no São Paulo de 1990 a 91, e posteriormente de 1993 a 94. A segunda grande contratação para reforçar o time do técnico Nelsinho Baptista deverá mesmo ser o zagueiro Émerson, da Lusa, que pretende ficar no Morumbi até o fim do ano, e, posteriormente transferir-se para o futebol europeu. "Estou na expectativa de que o acerto com o São Paulo ocorra nos próximos dias", disse hoje por telefone à Agência Estado, o zagueiro, que há sete anos e meio defende a Portuguesa, dois quais os últimos quatro ele como titular. O jogador de 27 anos entende que agora chegou mesmo o momento de ir embora. Por isso, ele torce para que a negociação com o São Paulo dê certo. "Desde o ano passado, que eles querem me contratar, e agora com Nelsinho Baptista a possibilidade aumenta, porque o treinador é um dos admiradores do meu futebol.", ressalta o atleta. Emerson acredita que vá para o São Paulo com o passe emprestado até dezembro. Depois, seu destino pode ser o futebol europeu. No início do ano, ele quase foi embora do Canindé. Contratado pelo Lyon, da França, por US$ 5 milhões, ele deveria formar dupla de zaga com Edmílson, ex-São Paulo. "Mas uma contusão, em janeiro, no dorso do pé (o mesmo problema que teve em outubro na seleção) complicou tudo. Eu iria ficar quase três mês fora do futebol, porém, como o clube francês tinha necessidade de contar logo com um zagueiro, a negociação com a Portuguesa foi desfeita. Mas agora está surgindo uma nova oportunidade no São Paulo.? O zagueiro acha que atuando no Morumbi, ele terá a oportunidade de se destacar na Copa Mercosul e no Campeonato Brasileiro, recuperar o lugar na seleção, e com isso aumentar novamente suas possibilidades de jogar na Europa. "Estou zero bala e pronto para enfrentar esse desafio", afirmou o zagueiro. O diretor de Futebol José Dias afirma que a carta decisiva para fechar a negociação com Émerson está nas mãos dos dirigentes da Portuguesa. "O São Paulo fez nova proposta pelo empréstimo, cujo valor não pode ser revelado, e aguarda uma resposta para liberar o mais rápido possível", explica Dias, por telefone, que por causa da apresentação de Leonardo à imprensa, amanhã, além de uma inflamação no ouvido, não viajou para João Pessoa para assistir ao segundo jogo do São Paulo contra o Sport Recife, pela Copa dos Campeões, hoje, à noite, na capital da Paraíba. Nelsinho Baptista reafirmou que Émerson continua mesmo nos seus planos para o segundo semestre. O São Paulo fez duas contratações modestas: o volante Douglas, que veio do Botafogo-RP, e o lateral-esquerdo Lino, ex-Iraty, do Paraná.

Agencia Estado,

27 de junho de 2001 | 15h42

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.