Rubens Chiri / saopaulofc.net
Rubens Chiri / saopaulofc.net

São Paulo recebe 'não' de Patric e segue na busca por um lateral-direito

Diego Aguirre pediu a contratação do atleta que havia treinado em sua passagem pelo Atlético-MG, sem sucesso

Estadão Conteúdo

01 Maio 2018 | 20h50

Preocupado com a possibilidade de perder Militão, que ainda não renovou contrato e tem sido sondado por clubes europeus, o São Paulo tentou contratar Patric, do Atlético Mineiro, para a lateral direita. Nesta terça-feira, a resposta dada foi "não". O jogador renovou o vínculo com o time de Belo Horizonte por mais um ano.

+ Terceiro goleiro Lucas Perri renova contrato até 2022

O treinador uruguaio Diego Aguirre tem aproveitado a versatilidade de Régis, que joga nos dois lados do campo. O novo contratado, que jogava pelo São Bento, se tornou uma boa opção ofensiva. Mas o técnico precisa de mais gente. Com isso, o setor continua sendo motivo de preocupação para a diretoria.

Patric foi indicado por Diego Aguirre. Ambos trabalharam juntos quando o uruguaio foi treinador em Minas Gerais. Na época, o técnico rasgava elogios ao ala que era improvisado em outras posições. Patric nunca foi unanimidade entre os torcedores do Atlético-MG. No clube mineiro desde 2011, somente agora, em 2018, conseguiu se firmar.

Do lado esquerdo, o São Paulo deve contar com a volta de Reinaldo, que está recuperado de lesão muscular sofrida no jogo diante do Rosario Central, pela Copa Sul-Americana. A próxima partida está marcada para este sábado diante do próprio Atlético-MG, no estádio do Morumbi, na capital paulista. "Estou pronto para voltar. Não senti dores e consegui me movimentar bem", disse o lateral-esquerdo, que defendeu a Chapecoense no ano passado.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.