Eduardo Valente
Eduardo Valente

São Paulo recebe o Goiás para tentar fechar turno no G-4

Equipe do Morumbi tenta comprovar boa fase no Brasileirão

Ciro Campos, O Estado de S. Paulo

15 Agosto 2015 | 07h00

Dois contratempos com os principais jogadores do elenco fazem o São Paulo ir menos eufórico para o jogo deste sábado contra o Goiás, no Morumbi, pelo Campeonato Brasileiro. Os ídolos da torcida Rogério Ceni e Luis Fabiano se machucaram no meio de semana e não devem estar em campo no jogo que vale para o time a chance de terminar o primeiro turno entre os quatro primeiros colocados.

A colocação favorável compensa a sequência irregular nas últimas nove rodadas, quando o G-4 era apenas um sonho. A vitória sobre o Figueirense, seguida pela oportunidade de enfrentar um adversário que está na zona de rebaixamento, é a oportunidade para a equipe comprovar que passou a viver um momento melhor.

"Contra o Goiás, temos grandes possibilidades por jogar em nosso estádio, com a nossa torcida e mostrar que o time está em um bom momento", comentou nesta sexta-feira o técnico Juan Carlos Osorio.

A boa vitória quarta-feira em Santa Catarina trouxe também baixas. Rogério Ceni lesionou a virilha ao bater o pênalti e dificilmente estará em campo. Luis Fabiano levou um pisão no pé direito e está fora, assim como o zagueiro Luiz Eduardo, que foi expulso em Florianópolis.

Renan Ribeiro deve assumir a posição de goleiro, Centurión vai formar o ataque com Alexandre Pato e Edson Silva reforça a defesa. 

Fã do rodízio de jogadores, Osorio não costuma lamentar os desfalques e disse que, por estar mais adaptado ao Brasil, vai conseguir um rendimento melhor do time no segundo turno. "Creio que o segundo turno será mais competitivo. Conhecemos melhor o futebol brasileiro e os rivais".

A equipe deve manter uma formação parecida à utilizada no meio de semana e a dúvida é como será o posicionamento ofensivo. Pato tem se destacado como segundo atacante e inclusive acaba de quebrar o recorde pessoal de gols em uma mesma temporada (19), mas Centurión não foi bem quando precisou substituir Luis Fabiano como centro avante.

Poupado no último jogo, Michel Bastos deve ser titular, enquanto Breno pode ganhar descanso por ter atuado nas duas últimas partidas após ficar quatro anos sem jogar.

O Goiás está há seis rodadas sem ganhar e o técnico Julinho Camargo está preocupado com o ataque. A equipe marcou apenas um gol nas últimas quatro partidas. 

FICHA TÉCNICA

SÃO PAULO X GOIÁS

SÃO PAULO: Renan Ribeiro; Rafael Toloi, Lucão e Edson Silva; Bruno, Thiago Mendes, Hudson, Ganso e Michel Bastos; Alexandre Pato e Centurión. Técnico: Juan Carlos Osorio.

GOIÁS: Renan; Gimenez, Fred, Felipe Macedo e Diogo Barbosa; Rodrigo, Patrick, David e Felipe Menezes; Erik e Bruno Henrique. Técnico: Julinho Camargo.

Juiz: Marielson Alves Silva (BA)

Local: Morumbi

Horário: 21h

Transmissão: Pay-per-view

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.