São Paulo: reforços estão chegando

O São Paulo já acertou nesta segunda-feira com o zagueiro Fabão ? e à noite fechava com Cicinho, o sexto jogador a ser contratado para o time do técnico Cuca. O esbanjamento financeiro do São Paulo para montar o novo time para disputar a Taça Libertadores da América de 2004 tem explicação: é a última aposta de Marcelo Portugal Gouvêa para se manter na presidência. Haverá eleições em abril do próximo ano e ele depende do sucesso do time para não perder o posto para Paulo Amaral. Para isso, os R$ 25 milhões da venda de Kaká estão sendo torrados. E o clube ainda negocia a contratação de um volante experiente. Nomes como Vampeta, Mauro Silva, César Sampaio estão na lista de reforços do clube. Depois das contratações de Vélber, Grafite, Rodrigo e Danilo, o clube fechou com Fabão, zagueiro do Goiás. O lateral Cicinho conseguiu na Justiça a sua liberação do Atlético Mineiro. Ele e o seu empresário, Júlio Leonel, estavam nesta segunda em São Paulo. O jogador é um pedido específico de Cuca. Leonardo Moura será dispensado e Gabriel também não merece plena confiança do treinador. Cuca tem tido uma participação efetiva na agilidade da diretoria do São Paulo em contratar. Seguindo exemplo dos técnicos Luiz Felipe Scolari e Vanderlei Luxemburgo, tem ligado para os atletas e antecipado os planos na Libertadores. Não bastasse tudo isso, novas propostas do Exterior não têm chegado a Rivaldo. O jogador só tem o interesse do Espanyol, último colocado no Campeonato Espanhol, e do São Paulo. O medo da diretoria do Morumbi é que o Cruzeiro de Luxemburgo se manifeste. Gallo, Marco Antônio e Márcio Luíz devem disputar o Paulista emprestados ao Paulista de Jundiaí.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.