José Patrício/Estadão
José Patrício/Estadão

São Paulo registra recorde de adesões de sócios torcedores

Clube contabiliza 8 mil novos participantes no programa alavancado pela disputa da Libertadores e também por promoções de ingressos

Ciro Campos, O Estado de S. Paulo

24 de fevereiro de 2015 | 20h46

A disputa da Libertadores e uma promoção de ingressos para jogos da primeira fase da competição ajudaram a alavancar o número de adesões ao programa de sócio torcedor do São Paulo. O clube anunciou nesta terça-feira que em fevereiro houve recorde no número de ingressantes, como 8 mil novos cadastros.

As adesões são mais do que o dobro do recorde anterior, registrado em novembro do ano passado, quando entraram 3,6 mil assinantes. O índice de fevereiro de 2015 é o melhor desde o relançamento do programa, em janeiro 2013. Com 50,8 mil sócios torcedores, o Tricolor e é oitavo time do País que mais tem participantes.

O clube lançou uma promoção no começo do mês de pacotes de ingressos para os três jogos em casa pela primeira fase da Libertadores, contra Danubio, San Lorenzo e Corinthians. A opção chega a ser 20% mais barata do que a compra avulsa. Porém, no caso dos sócios torcedores, o desconto é ainda maior e o valor da entradas equivale a um terço do montante a ser pago pelo mesmo pacote.

Porém, o São Paulo tem enfrentado problemas para vender os ingressos dos jogos no Morumbi neste início de temporada. O clube trocou no começo do ano a empresa que gerencia a comercialização de bilhetes e o controle de acesso. A mudança causou problemas já na partida do último sábado contra o Osasco Audax e até a noite desta terça-feira o Tricolor não conseguiu divulgar a quantidade de entradas vendidas para o jogo com o Danubio, nesta quarta.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolSão Paulo FCCopa Libertadores

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.