Paulo Whitaker/Reuters
Paulo Whitaker/Reuters

São Paulo relaciona 17 atletas para pegar Marília e Ceni é dúvida

Goleiro sente dores no quadril e pode ser poupado para confronto

Estadão Conteúdo

21 Março 2015 | 16h56

O técnico Muricy Ramalho terá 17 jogadores à disposição para enfrentar o Marília, neste domingo, às 17 horas, no estádio do Morumbi, em São Paulo, pela 11.ª rodada do Campeonato Paulista. Para evitar o desgaste de alguns atletas por causa da partida contra o San Lorenzo, na última quarta-feira, pela Copa Libertadores, a decisão foi de poupar contra o pior time da competição.

Por opção da comissão técnica, o lateral-direito Bruno, o lateral-esquerdo Carlinhos, o meia Paulo Henrique Ganso e o centroavante Luis Fabiano não foram relacionados. O goleiro Denis (cirurgia no ombro), o zagueiro Dória (entorse no tornozelo esquerdo), o lateral-esquerdo Reinaldo (dores no músculo adutor esquerdo) e o atacante Alexandre Pato (entorse no tornozelo direito) seguem em tratamento no REFFIS e desfalcam o time.

O volante Hudson, suspenso pelo terceiro amarelo, também não poderá entrar em campo. Outro que fica de fora é o volante Souza, que foi convocado para a seleção brasileira para amistosos contra França e Chile, nesta semana, na Europa.

Já o goleiro Rogério Ceni está sentindo dores no quadril. Por isso, Muricy Ramalho optou por relacionar outros dois goleiros: Renan Ribeiro e Léo. O capitão são-paulino ficará em tratamento no REFFIS e neste domingo será reavaliado para ver se apresenta condições de jogo.

O elenco do São Paulo fez na manhã deste sábado o último treinamento antes da partida contra o Marília. Na primeira parte, Muricy Ramalho comandou uma atividade tática, posicionando, orientando e movimentando o time que vai enfrentar a equipe interiorana. Foram trabalhadas ainda as jogadas de bola parada ofensiva e defensiva.

Na sequência, o grupo inteiro se juntou para disputar o tradicional rachão, que terminou com goleada por 6 a 0 do time vermelho, que tem como principais líderes o goleiro Rogério Ceni e os atacantes Alan Kardec e Luis Fabiano. O argentino Centurión, com dois gols, foi um dos destaques.

CONFIRA A LISTA DOS RELACIONADOS

Goleiros - Rogério Ceni, Renan Ribeiro e Léo

Lateral - Auro

Zagueiros - Paulo Miranda, Lucão, Edson Silva e Rafael Toloi

Volantes - Thiago Mendes, Rodrigo Caio e Denilson

Meias - Michel Bastos, Boschilia e Centurión

Atacantes - Alan Kardec, Ewandro e Jonathan Cafu

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.