Rubens Chiri/ São Paulo FC
Rubens Chiri/ São Paulo FC

São Paulo rescinde o contrato de Jucilei; Trellez é reintegrado

Vínculo do volante iria até 2021, mas o jogador estava fora dos planos do técnico Fernando Diniz

Redação, Estadao Conteudo

05 de fevereiro de 2020 | 16h38

O São Paulo confirmou nesta quarta-feira que entrou em acordo com Jucilei e rescindiu com o volante. O vínculo iria até dezembro de 2021, mas o jogador estava fora dos planos do técnico Fernando Diniz. O clube ainda tentou negociá-lo por empréstimo antes da decisão de encerrar o contrato.

A diretoria não revela os valores da negociação para rescisão. Internamente, o clube comemora uma economia de R$ 6 milhões. Pelo acordo, Jucilei vai continuar recebendo do São Paulo pelos próximos quatro anos, gerando um alívio financeiro mensal.

O jogador encerra sua passagem pelo São Paulo com 108 partidas e apenas um gol. Jucilei chegou a ficar quatro meses afastado no ano passado, quando Cuca era o treinador. Foi reintegrado por Diniz na reta final do Campeonato Brasileiro, mas descartado no começo deste ano.

Se Jucilei rescindiu contrato, Rodrigo Nestor e Trellez foram integrados ao grupo nesta quarta-feira e já treinaram com os companheiros.

O volante de 19 anos foi revelado nas categorias de base do clube e cumpriu todo o processo de formação em Cotia antes de iniciar esta transição para o elenco principal. Nestor conquistou diversos títulos, com destaques para a Copa São Paulo de Futebol Júnior de 2019 e a Copa do Brasil Sub-20, em 2018.

Já Trellez retorna ao São Paulo após defender o Internacional por empréstimo na temporada passada - o atacante disputou 13 partidas pelo clube gaúcho. Antes de ser integrado ao grupo, o colombiano aprimorou a forma física nas últimas semanas no CT da Barra Funda. Na primeira passagem foram 39 jogos e seis gols.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolSão Paulo Futebol Clube

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.