Rodolfo Buhrer/Reuters
Rodolfo Buhrer/Reuters

São Paulo revela pagamento da dívida pela compra de Tchê Tchê com Dínamo de Kiev

Clube paga R$ 25 milhões pela contratação do jogador em abril de 2019

Redação, Estadão Conteúdo

02 de junho de 2021 | 21h22

Com dívidas em torno de R$ 600 milhões, mas com um superávit de R$ 46 milhões no primeiro trimestre de 2021, o São Paulo aproveitou para liquidar a dívida de R$ 25 milhões com o Dínamo de Kiev, da Ucrânia, pela contratação do meio-campista Tchê Tchê, em abril de 2019.

O time do Morumbi divulgou uma nota na qual revela o pagamento da pendência e a retomada das relações de possíveis negócios com o clube ucraniano.

Após o início da gestão do presidente Julio Casares, em janeiro, o São Paulo conseguiu renegociar dívidas anteriores nas negociações feitas com as chegadas do goleiro Tiago Volpi (Querétaro) e o meia peruano Cueva (Krasnodar).

O São Paulo ainda resolveu a dívida de R$ 15 milhões com o Athletico-PR pela contratação do atacante Pablo, em dezembro 2018. O atleta é o artilheiro do time desde a chegada do técnico argentino Hernán Crespo no início do ano. Outro débito resolvido foi com o Orlando City, de R$ 4,5 milhões, pela contratação de Kaká em 2014.

Fora do futebol, a diretoria também fez um acordo com o técnico José Roberto Guimarães, que tinha o comando do projeto de vôlei do clube.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.