JF Diorio/Estadão
JF Diorio/Estadão

São Paulo se espelha em rivais para reformular sócio torcedor

Clube promete anunciar mudanças no programa de fidelização

Ciro Campos, O Estado de S. Paulo

27 de abril de 2015 | 07h00

Durante as próximas semanas o São Paulo vai anunciar mudanças no programa de sócio torcedor. O clube quer diminuir a distância para os outros rivais, que têm mais participantes dos programas de fidelização, e ainda oferecer novas opções de planos, tentar baixar preços e aumentar a presença de público no Morumbi.

O São Paulo tem realizado pesquisas de público e ainda observado as vantagens existentes em programas de outros clubes para elaborar as mudanças. "Vamos reformular totalmente o programa. Serão mais planos, mais abrangentes, com a possibilidade de uma maior fidelização e com a oferta até para torcedores com renda menor", explicou o diretor de marketing do clube, Vinícius Pinotti.

Atualmente o São Paulo oferece três diferentes planos para o programa. O básico, chamado de "Sou Tricolor", tem uma mensalidade de R$ 12. Já as outras duas opções oferecem como benefícios a possibilidade de comprar ingressos antecipados. O plano "Standard" tem mensalidade de R$ 30 e o "Premium", de R$ 100.


O aumento do número de sócios torcedores é uma das preocupações do presidente Carlos Miguel Aidar. Na semana passada o clube trocou o diretor de marketing e o antigo ocupante do cargo, Ruy Maurício Barbosa, foi transferido para cuidar de outros projetos que ainda serão designados pelo presidente.

O novo diretor de marketing tem planos diferentes do antecessor principalmente em um aspecto. A atual gestão deve focar no público mais popular e até mesmo já vai promover uma redução de 50% do preço da arquibancada para a fase decisiva da Libertadores.

Na fase de grupos, as entradas para o setor custavam R$ 120, valor que gerou protestos da torcida em frente ao estádio antes dos jogos e deixou o Morumbi com públicos abaixo do esperado. Em resposta, a diretoria fez promoções. Nelas, quem adquirisse um bilhete, poderia levar um acompanhante de graça.

Na última semana o Tricolor ultrapassou o Flamengo e chegou à sétima posição no ranking nacional de sócio torcedores. O líder é o Inter, com mais de 130 mil participantes, seguido pelo Palmeiras, com 115 mil. O São Paulo tem 54 mil sócios e no futebol paulista está atrás também do Corinthians (96 mil) e Santos (57 mil).

Tudo o que sabemos sobre:
futebolSão Paulo FCsócio torcedor

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.