Érico Leonan/São Paulo
Érico Leonan/São Paulo

São Paulo ainda tem melhor defesa do Brasileirão, mas liga sinal de alerta

Equipe continua com marca positiva no sistema defensivo, mas foi vazada nos últimos quatro jogos

Guilherme Amaro, O Estado de S.Paulo

27 de novembro de 2019 | 04h30

O São Paulo tem a melhor defesa do Campeonato Brasileiro. Nos 34 jogos disputados, a equipe sofreu 25 gols, dois a menos do que o Palmeiras, segundo no quesito. No entanto, o São Paulo ligou o sinal de alerta após as últimas rodadas. O time foi vazado nos últimos quatro jogos. Vem de duas derrotas em casa e dois empates fora.

Se sofrer gol contra o Vasco no duelo desta quinta-feira, no Morumbi, o São Paulo voltará a ser vazado em cinco jogos seguidos após mais de dois anos. A última grande sequência negativa da defesa aconteceu entre julho e setembro de 2017, com dez confrontos seguidos com gols sofridos.

Apesar das últimas partidas ruins, a defesa do São Paulo é o único setor da equipe que não vem sendo criticado pela torcida. O goleiro Tiago Volpi foi o primeiro a conseguir uma boa sequência na posição desde a aposentadoria de Rogério Ceni. Os zagueiros Bruno Alves e Arboleda também contam com prestígio. 

Na lateral-esquerda, Reinaldo tem sido um dos melhores jogadores do elenco na temporada. Na direita, Daniel Alves chegou a ser xingado em um protesto de torcedores em frente ao portão principal do Morumbi. Ele alterna entre a lateral e o meio de campo. Mas não tem se saído bem em campo.

O ataque do São Paulo deixa a desejar. A equipe marcou 34 gols no Campeonato Brasileiro e tem o pior rendimento entre os 13 primeiros colocados na tabela. Mesmo com a chegada de Fernando Diniz, que gosta de escalar suas equipes de forma ofensiva, o setor não conseguiu se encontrar. Pato joga mal e Pablo não rende o que se espera dele.

O São Paulo está em sexto lugar no Brasileirão, com 54 pontos. A posição, por enquanto, garante uma vaga na fase de grupos da próxima Libertadores, graças às vagas de Flamengo (campeão da Libertadores) e Athletico-PR (vencedor da Copa do Brasil).

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.