Érico Leonan / São Paulo
Érico Leonan / São Paulo

São Paulo só deverá jogar mais quatro vezes no meio da semana

Equipe poderá ficar dois meses, entre setembro e novembro, atuando apenas aos finais de semana

Renan Cacioli, O Estado de S. Paulo

18 Agosto 2018 | 05h00

A eliminação na Copa Sul-Americana, na última quinta-feira, para o Colón-ARG, trouxe algumas certezas ao São Paulo. Uma delas é de que o time, sem nenhuma outra competição com que se preocupar a não ser o Campeonato Brasileiro, passará os quatro meses restantes da temporada jogando praticamente só aos sábados e domingos. As semanas livres serão interrompidas apenas mais quatro vezes daqui até o dia 2 de dezembro, data da última rodada.

Na prática, isso poderá significar uma vantagem e tanto em relação aos concorrentes pelo título brasileiro que ainda têm ao menos dois campeonatos com os quais dividir atenção. O Flamengo, por exemplo, atualmente seu principal perseguidor, está vivo tanto na Copa do Brasil quanto na Libertadores.

Os únicos confrontos marcados para o meio de semana na agenda tricolor são: Paraná, na próxima quarta-feira, Atlético-MG, dia 4 ou 5 de setembro (a CBF ainda não desmembrou toda a tabela do Brasileirão), Grêmio (14 ou 15 de novembro) e Vasco (21 ou 22 de novembro). Isso, é claro, se não houver nenhuma alteração de datas até lá.

O time dirigido por Diego Aguirre vai passar mais de dois meses atuando com longos intervalos de descanso: do dia 8 ou 9 de setembro, quando enfrenta o Bahia, em casa, até o clássico com o Corinthians, em 10 ou 11 de novembro, na arena rival. 

Nesse período, serão dez partidas (metade das 20 restantes na temporada), o que dá a média de uma a cada seis dias, praticamente. O que poderá quebrar essa série será algum duelo marcado para segunda-feira, data que a CBF costuma reservar para jogos às 20h.

Confira os 20 jogos restantes do São Paulo em 2018:

Já agendados:

19/8 - Chapecoense (C)

22/8 - Paraná (F)

26/8 - Ceará (C)

2/9 - Fluminense (C)

Datas a definir:

Atlético-MG (F)

Bahia (C)

Santos (F)

América-MG (C)

Botafogo (F)

Palmeiras (C)

Internacional (F)

Atlético-PR (C)

Vitória (F)

Flamengo (C)

Corinthians (F)

Grêmio (C)

Cruzeiro (C)

Vasco (F)

Sport (C)

Chapecoense (F)

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.