São Paulo só empata com o Fla

O São Paulo pensou tanto nos números e nas partidas de seus adversários diretos ao título que não conseguiu fazer a lição de casa. Neste domingo, após o empate por 1 a 1 com o Flamengo, em pleno Morumbi, o Tricolor deu adeus à pequena chance de conquistar o Campeonato Brasileiro. E isso que a rodada favoreceu, com a derrota do Atlético-PR para o Vasco.Assim, o clube vai para a última rodada para cumprir tabela. A equipe enfrenta o Goiás, em Goiânia, e se despede com, pelo menos, o terceiro lugar que garantiu ao time uma vaga na Copa Libertadores da América. "Infelizmente, quando mais precisávamos, não fomos capazes. Agora vamos pensar em 2005", avisou Grafite. Já o Flamengo precisa vencer o Cruzeiro, no Rio, para não cair. Caso isso não aconteça, dependerá de outros resultados para continuar na Primeira Divisão.Logo aos 4 minutos, Grafite arrancou pela esquerda e chutou cruzado, mas ninguém aproveitou. Na seqüência, Cicinho cobrou falta, o próprio Grafite cabeceou, mas a bola foi para fora. E quando o Tricolor parecia que iria dominar o confronto do começo ao fim, veio o gol do Flamengo. Aos 13, numa bela cobrança de falta de Dimba. O gol acordou o São Paulo. Aos 23, Fábio Santos tabelou com Grafite e chutou por cima. Pouco depois, aos 26, o lateral bateu escanteio e a bola sobrou para Fabão. O zagueiro chutou rasteiro, cruzado, e na trajetória o atacante Grafite empurrou para o fundo do gol.Após o empate, o time do Morumbi voltou a dormir em campo. Mesmo com o apoio da torcida, o futebol apresentado não parecia ser de uma equipe que estava na disputa do título. E antes do final do primeiro tempo, a única boa chance do São Paulo foi com Diego Tardelli, que tentou de bicicleta, mas a bola passou do lado direito do gol de Júlio César.Na segunda etapa, logo aos 6 minutos, o meia Danilo recebeu dentro da área e chutou cruzado, para fora. Depois o São Paulo tentou com Renan e Grafite, mas o Flamengo respondeu com Roger, Dimba e Athirson. Aos 20, Da Silva foi expulso e o time do Rio de Janeiro recuou ainda mais, usando apenas os contra-ataques.O técnico Leão também foi expulso, após discutir com o bandeira Jorge Paulo de Oliveira Gomes (Fifa-DF). "Ele me chamou para a briga. Quero ver se ele é homem de fazer isso lá fora", bradou o treinador do São Paulo, pedindo para que o árbitro Sérgio Carvalho colocasse isso na súmula da partida.E no final da partida, o São Paulo ainda teve mais três chances. Aos 44, Cicinho chutou de fora da área e a bola passou à direita de Júlio César. Aos 48, Lugano arriscou, mas também foi para fora. E um minuto depois, no último bom momento do São Paulo, Nildo recebeu sozinho, dentro da área. Ele chutou forte e Júlio César espalmou. "Foi uma boa defesa", comemorou o goleiro. Na seqüência, a defesa do Flamengo aliviou o perigo. O clube conseguiu o empate e acabou com o sonho do título do São Paulo.[classificação]   [resultados]  [próximos jogos]  

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.