Natasha Pisarenko|AP
Natasha Pisarenko|AP

São Paulo supera erro de Denis e segura empate contra o River

Tricolor mostra bom futebol contra o atual campeão da Libertadores e fica no 1 a 1

Ciro Campos, O Estado de S.Paulo

10 de março de 2016 | 21h39

O temido River Plate não se mostrou tão poderoso, mas para o São Paulo o empate desta quinta-feira, por 1 a 1, em Buenos Aires, poderia ter sido melhor. Um erro do goleiro Denis tirou do time a primeira vitória na Copa Libertadores. O empate aumenta a esperança de avançar às oitavas de final. A pressão continua grande, só que agora obriga a pontuar fora de casa contra o fraco Trujillanos, da Venezuela.

A atuação mais segura e convincente do São Paulo na temporada terminou um pouco eclipsada pela trapalhada no sistema defensivo. Denis falhou ao tentar cortar escanteio e socou a bola nas costas de Thiago Mendes. Ela entrou por cobertura, lentamente e tirou a vantagem do time do Morumbi aos 32 minutos do primeiro tempo.

Antes do gol contra a partida estava controlada pelo time paulista. A equipe do técnico Edgardo Bauza superou dez minutos de sufoco, quando levou bola no travessão, para abrir o placar graças a Ganso. Um presente caiu nos pés dele, ao se aproveitar de uma sobra na área e chutar de primeira, sem vacilar, aos 16 minutos de jogo. A bola entrou no canto direito de Barovero.

A partida decisiva contra o atual campeão da Libertadores não fez o São Paulo sentir a pressão. Os zagueiros Lugano e Maicon foram seguros nos desarmes e até o próprio Denis esteve bem no segundo tempo.

Para a tristeza do goleiro, a posição dele não permite erros e o vacilo custou ao time um resultado melhor. O capitão, que carrega a responsabilidade de substituir Rogério Ceni, teve uma atuação competente, porém silenciada por um cruel acaso do futebol.

O erro não tirou a segurança do goleiro. Denis foi seguro nas saídas de gol e cortou cruzamentos perigosos. Se o resultado teve o camisa 1 como vilão, pelo menos ele mostrou personalidade para não se abalar.

O jogo tenso, cheio de trombadas, faltas e fez as equipes errarem muito, principalmente no segundo tempo. Em uma das poucas investidas certeiras, Calleri finalizou para fora ótima chance em contra-ataque puxado por Mena. 

FICHA TÉCNICA

RIVER 1 X 1 SÃO PAULO

RIVER PLATE: Barovero; Mercado, Mammana, Vega e Vangioni; Fernandez, Ponzio (D'Alessandro) e Domingo; Driussi (Martinez), Mora e Alario (Alonso). Técnico: Marcelo Gallardo.

SÃO PAULO: Denis; Bruno, Maicon, Lugano e Mena; Hudson e Thiago Mendes; Ganso, Carlinhos (Caramelo) e Centurión (Michel Bastos); Calleri (Alan Kardec). Técnico: Edgardo Bauza.

GOL: Ganso, aos 16, e Thiago Mendes (contra), aos 32 minutos do segundo tempo

ÁRBITRO: Julio Bascuñán (Chile)

CARTÕES AMARELOS: Hudson, Calleri, Mammana, Fernández, Maicon, Lugano, Bruno, Ganso

PÚBLICO E RENDA: não divulgados.

LOCAL: Monumental de Núñez, em Buenos Aires.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.