São Paulo supera o Cruzeiro e reassume vice-liderança

Com direito a golaço de Hernanes, time de Muricy Ramalho faz 2 a 1 nos mineiros fora de casa

22 de julho de 2007 | 18h03

Depois de conseguir apenas cinco pontos em 12 disputados no Morumbi, o São Paulo superou o Cruzeiro por 2 a 1, de virada, na tarde deste domingo e reassumiu a segunda colocação do Campeonato Brasileiro, com 22 pontos. O destaque da partida, realizado no Estádio Mineirão, foi o volante Hernanes, que marcou um golaço na etapa complementar.Com o resultado, a equipe de Muricy Ramalho comprovou que atua melhor longe de seus domínios. Atuando diante da sua torcida, o clube paulista só tem 50% de aproveitamento, enquanto possui 66,66% fora de casa - 10 pontos em 15 possíveis. Mesmo com a vitória, o ataque são-paulino continua carente, uma vez que os gols foram anotados por jogadores de defesa. A equipe paulista entrou em campo com Leandro e Borges, já que os titulares Dagoberto e Aloísio estão contundidos.A partida também representou mais um recorde na carreira de Rogério Ceni. O camisa 1 e capitão se tornou o jogador a defender mais vezes o mesmo clube na história do Campeonato Brasileiro: 309 vezes, superando a marca de Roberto Dinamite, pelo Vasco.Horas antes do apito inicial do duelo, a diretoria cruzeirense anunciou o empréstimo do atacante Rômulo para o Beitar Jerusalém, de Israel. Os mineiros receberão US$ 500 mil (cerca de R$ 930 mil) para ceder o jogador por dez meses - os direitos federativos estão fixados em R$ 5,5 milhões. Na última sexta, a equipe de Belo Horizonte já tinha fechado a venda do zagueiro Luizão para o Locarno, da Suíça, por 2 milhões de euros (cerca de R$ 5,1 milhões).Apesar da grande movimentação em campo dos dois clubes - Fábio e Rogério Ceni já haviam realizado excelentes defesas -, o primeiro gol do confronto só saiu aos 33 minutos. Depois de falta cometida por Breno na esquerda da área, Araújo alçou na área e Leandro Domingues cabeceou para as redes depois de desvio da zaga são-paulina.Para evitar a segunda derrota consecutiva, Muricy Ramalho adiantou a marcação no meio-campo após o intervalo e o São Paulo chegou com mais perigo. E, aos 9 minutos, Breno, que havia entrado no lugar do lesionado Alex Silva, conseguiu se redimir ao empatar para os visitantes. Em lance semelhante ao gol cruzeirense, Jorge Wagner bateu falta na pequena área e o jovem defensor subiu livre e completou de cabeça, sem chances para Fábio.A virada são-paulina aconteceu após linda jogada de Hernanes. O volante foi acionado na intermediária, pedalou para cima de Guilherme e Léo Silva e bateu de longe, encobrindo o goleiro Fábio para fazer um golaço. Nos instantes finais o juiz Evandro Rogério Roman deixou de marcar um pênalti para o Cruzeiro, quando o zagueiro André Dias desviou a bola com a mão na área.Na próxima rodada do Campeonato Brasileiro, o São Paulo volta a jogar em casa. O adversário será o Sport Recife, na quinta-feira, no Morumbi. Já o Cruzeiro tenta a reabilitação diante do Atlético Paranaense, na quarta, na Arena da Baixada, em Curitiba.CRUZEIRO 1 X 2 SÃO PAULOCruzeiro - Fábio; Jonathan, Emerson, Thiago Heleno e Fernandinho; Ramires,  Leandro Domingues     (Maicossuel), Léo Silva e Guilherme; Roni     (Marcinho) e Araújo (Diego). Técnico: Dorival Júnior.São Paulo - Rogério Ceni; Alex Silva (Breno    ), André Dias, Miranda e Ilsinho; Hernanes, Richarlyson, Souza     e Jorge Wagner; Borges     (Diego Tardelli) e Leandro     (Hugo). Técnico: Muricy Ramalho.Gols - Leandro Domingues, aos 33 minutos do primeiro tempo; Breno, aos 9min, e Hernanes, aos 24 minutos do segundo tempo.Árbitro - Evandro Rogério Roman (PR).Público - 29.640 pagantes.Renda - R$ 446,907,50.Local - Estádio do Mineirão, em Belo Horizonte (MG).

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.