Werther Santana/Estadão
Werther Santana/Estadão

São Paulo tem confronto direto para fugir da zona de rebaixamento

São Paulo vai enfrentar o Bahia e precisa da vitória para virar o turno fora da zona da degola

Gonçalo Junior, O Estado de S.Paulo

06 de agosto de 2017 | 07h00

O São Paulo tem um confronto direto contra o Bahia, neste domingo, em Salvador, para definir qual dois vai virar o turno fora da zona de rebaixamento. Após a derrota para o Coritiba, o São Paulo voltou a figurar entre os quatro piores. Com isso, o time tem um ponto a menos que os baianos (20 a 19). Portanto, precisa da vitória fora de casa, na Arena Fonte Nova.

Iniciar o returno na zona de rebaixamento acima da linha de corte tem um efeito psicológico e emocional. No caso do São Paulo, o triunfo significa provar que o time tem poder de reagir depois da frustração de perder em casa diante de 53 mil pessoas na última rodada, recorde de público na competição.

O técnico Dorival Junior garante que o time tem maturidade para se levantar após o baque. "Estamos confiantes. Não vou negar que perder ontem não afeta, porque afeta muito. Mas estamos confiantes e unidos, o que é importante", concorda o meia Cueva.

A escalação será a mesma do jogo de quinta-feira, com exceção da defesa. O zagueiro Rodrigo Caio recebeu o terceiro cartão amarelo e está suspenso. Os favoritos para substituí-lo são Militão e Lugano. Em tese, o garoto de 19 anos tem mais chances de atuar, pois joga pelo lado esquerdo da zaga, exatamente o setor de Rodrigo Caio. Lugano prefere jogar pela direita.

EorAa o lateral Bruno tenha saído de campo vaiado na última quarta-feira, após ter tido uma atuação ruim e cometido o pênalti em Rildo, que resultou no primeiro gol do Coritiba, o técnico Dorival Junior descartou mudanças drásticas na escalação. “Tenho minhas convicções. A equipe está criando e buscando, começando a criar uma harmonia em campo. Não posso criar uma situação a complicar ainda mais. É preciso ter esse equilíbrio. Vamos olhar para a recuperação de um ou outro”, afirmou o treinador após a derrota no Morumbi.

Ficha técnica

BAHIA: Jean; Eduardo, Tiago, Lucas Fonseca e Armero; Renê Júnior, Régis (Juninho), Zé Rafael e Edson; Mendoza (Éder) e Rodrigão. Técnico: Preto Casagrande (interino)

SÃO PAULO: Renan Ribeiro; Bruno, Arboleda, Éder Militão (Lugano) e Edimar; Petros, Jucilei, Marcinho, Cueva e Hernanes; Pratto. Técnico: Dorival Junior

Juiz: João Batista de Arruda (RJ)

Local: Arena Fonte Nova 

Horário: 16h 

Transmissão: Globo e PPV

Ao vivo: estadao.com.br/spfcvivo

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.